This website uses cookies to ensure you get the best experience on our website. Learn more

Playlist of Hans-Joachim Koellreutter

x
  • Hans-Joachim Koellreutter: Tre Pezzi per pianoforte

    11:04

    Hans-Joachim Koellreutter (1915-2005): Tre pezzi per pianoforte (Três peças para piano) (1945, 1965, 1977) --- Caio Pagano, pianoforte ---

    I. (1945)
    II. (dedicato a Klaus Billing, 1965)
    III. Tanka V, in due parti: kami-no-ku e shimo-no-ku (dedicato a Tadasama Sakai, 1977)

    --- cover image by Piet Mondrian ---

    The music published in this channel is exclusively dedicated to divulgation purposes and not commercial. This within a program shared to study learned music of the 1900's (mostly Italian) which involves thousands of people around the world. If someone, for any reason, would deem that a video appearing in this channel violates the copyright, please inform us immediately before you submit a claim to Youtube, and it will be our care to remove immediately the video accordingly.

    Your collaboration will be appreciated.

  • Koellreutter - Acronon - Sérgio Villafranca, Roger Hanschel

    2:00

    Sérgio Villafranca, piano
    Roger Hanschel, saxofone
    Transcriação sobre a partitura esférica transparente
    Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro
    Antônio Borges-Cunha, maestro
    Porto Alegre, RS- Brasil | Outubro/2015
    Facebook:
    Áudio na íntegra:
    =================================================
    Acronon deriva do grego, em que cronos significa tempo e o a, alfa privativo, que não nega, mas dá margem à superação, à transcendência.
    O ponto final de uma obra, em que não haveria mais nada a dizer sobre ela, é uma ilusão: tudo deve ser nova interpretação e o processo de execução é mais importante do que o resultado.
    O intérprete não deve executar a partitura dos compositores, mas co-participar de um processo de comunicação entre ele, o compositor e o ouvinte. Koellreutter.

    Acronon derives from the Greek , where chronos meaning time and a private alpha, which does not deny, but gives rise to overcome, to transcendence . The end of a work, in which there would be nothing more to say about it, it is an illusion : everything must be new interpretation and the implementation process is more important than the result. The interpreter should not interpretation the score composers, but co- participate in a process of communication between himself, the composer and the listener. Koellreutter

  • x
  • Informação: H. J. Koellreutter - Um documentário dirigido por Rogério Sganzerla

    15:43

    Não deixem de assistir também à uma aula do Mestre Koellreutter aqui:
    O documentário acima foi dirigido por Rogério Sganzerla em 2003, homeangeando o grande gênio, músico, maestro e educador H. J. Koellreutter.

  • H. J. Koellreutter - Acronon

    3:20

    Piano: Sérgio Villafranca
    Academia Brasileira de Letras/RJ, 03/09/2015.

    Facebook:
    ==================================================
    My worldview makes me feel all that we live like a transparent throughout and only by transparent sphere that could turn into music.
    H. J. Koellreutter.
    “Minha visão de mundo me faz sentir tudo o que vivemos como se fosse um todo transparente e só por meio de uma esfera isso poderia se transformar em música”. Koellreutter.

    Celebrating the centennial of HANS-JOACHIM KOELLREUTTER (1915-2015) at the Academia Brasileira de Letras/Rio de Janeiro in 3th september 2015.
    Koellreutter was a german and brazilian naturalized flautist, composer, conductor, educator. His performance reflected throughout the Brazilian music scene of the twentieth century, after his arrival in 1937, both about composers of classical music and popular music, having created in Brazil the Music Festivals among many others projects. Koellreutter also founded schools in India and Japan, whose artistic aesthetic and cultures impacted his art. The conductor was also Director of the Goethe Institute in Brazil, Germany, India and Japan.

    The spherical score is part of Acronon work (originally with traditional writing for orchestra and the solo piano is executed with a spherical transparent score), but it is also an independent score. In this video, Sérgio Villafranca performs his own version/ improvisation of the sphere.

    A partitura esférica é parte da obra Acronon (originalmente com escrita tradicional para orquestra e solo de piano a partir da partitura esférica transparente), mas é também uma partitura independente. Neste vídeo, Sérgio Villafranca apresenta uma versão/ improvisação em realizada em 03.09.2015 na Academia Brasileira de Letras/RJ, em homenagem ao centenário de nascimento do flautista, compositor, maestro, educador Hans-Joachim Koellreutter (1915-2005).

  • x
  • Hans-Joachim Koellreutter - Três peças para piano

    11:03

    Três peças para piano, de Hans-Joachim Koellreutter, interpretadas por Caio Pagano.
    Agradecimentos à Fundação Koellreutter e a Marcos Filho.


    Torne-se assinante do IPB e ajude-nos a criar mais vídeos como este!

    Assinantes recebem a cada mês um álbum com 10 partituras raras brasileiras em pdf, cuidadosamente selecionadas de nosso acervo.
    O valor da contribuição mensal é livre, e o pagamento pode ser feito com cartão de crédito ou boleto bancário.

    Become a backer of the Brazilian Piano Institute and help us create more content like this!

    By supporting us, you will receive each month a pdf album with 10 rare Brazilian scores carefully selected from our archives.

  • Biografia Koellreutter - DVD Música Viva

    4:44

    Biografia Hans-Joachim Koellreutter
    DVD Música Viva - Série Música Brasileira no Tempo
    Idealização e direção: Ligia Amadio
    Realização: OSN-UFF, MEC
    Apresentadora: Vivian Lacerda

  • x
  • Koellreutter Documentário

    1:19

    Documentario@redestv.com.br
    Serie Documenta Video Brasil
    Direção: Cacá Vicalvi
    Roteiro e Edição: Luiz Fernando Ramos
    Realização STB Rede SescSenac de Televisão

  • Koellreutter - Acronon

    3:00

    H. J. Koellreutter mostra a utilização do Acronon.

  • Dodecafunk de Tim Rescala, em homenagem a Koellreutter

    9:04

    Homenagem a Hans Joachim Koellreutter acontecida na série Movimento de Câmara do 53º Festival Villa Lobos, no Espaço BNDES, no dia 9 de novembro de 2015.

    Doriana Mendes, voz
    Edu Krieger, voz
    Andrea Ernest Dias, flauta
    Aloysio Fagerlande, fagote
    Maria Teresa Madeira, piano
    Tim Rescala, eletrônica ao vivo e direção

  • x
  • Koellreutter Abstrai Ensemble

    8:34

    Pedro Sá e Daniel Serale

  • DUO SÁ de Percussão - Wu-li, Hans-Joachim Koellreutter

    10:45

    DUO SÁ de Percussão toca Wu-li, de H.J.Koellreutter no Programa Partituras da TV Brasil.
    Gravado pelo programa Partituras da TV Brasil com direção de José Schiller. Apresentação de Sofia Ceccato.

  • Conversas com Cecília Valentim - Episódio 6: Hans Joachim Koellreutter

    16:13

    Olá! Nesta conversa estou respondendo a uma questão levantada aqui no meu canal sobre a minha experiência com o professor Hans Joachim Koellreutter, de quem fui aluna e assistente por doze anos.

  • H. J. Koellreutter - Palestra em Campos de Jordão, 1981

    10:41

    Palestra proferida pelo compositor e professor H. J. Koellreutter (1915-2005) durante o Festival de Inversno de Campor de Jorão, 1981.
    O vídeo foi conservado e apresentado por Otávio Donasci durante o colóquio 'IMPRECISO E PARADOXAL', 100 anos COM Koellreutter, no Museu de Arte Contemporânea, USP, 30 de setembro de 2015.
    =============
    O compositor refugiou-se do Nazismo no Brasil, tendo depois se naturalizado. No vídeo desmonta uma visão deturpada de juventude desmiolada e diverge frontalmente dos seus anfitriões defendendo os atos e atitudes da juventude contestadora e inovadora.

  • Marcelo Parizzi plays Improviso for solo flute Hans Joachim koellreutter

    2:55

  • Koellreutter - Laboratório disciplinar

    1:56

    Koellreutter em um laboratório disciplinar.

  • H. J. Koellreutter - Acronon

    1:59

    Sérgio Villafranca, piano
    Antonio Carrasqueira, flauta
    --------------------------------------------------------------------------------------------------
    Facebook:

    Concerto:
    =================================================

  • Família Jobim - Matita Perê

    7:01

    Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (Rio de Janeiro, 25 de janeiro de 1927 — Nova Iorque, 8 de dezembro de 1994), mais conhecido como Tom Jobim, foi um compositor, maestro, pianista, cantor, arranjador e violonista brasileiro.
    É considerado o maior expoente de todos os tempos da música brasileira pela revista Rolling Stone, e um dos criadores do movimento da bossa nova.

    Nascido no bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro, Tom mudou-se com a família no ano seguinte para Ipanema, onde foi criado. A ausência do pai, Jorge de Oliveira Jobim, durante a infância e adolescência lhe impôs um contido ressentimento, desenvolvendo no maestro uma profunda relação com a tristeza e o romantismo melódico, transferido peculiarmente para as construções harmônicas e melódicas. Aprendeu a tocar violão e piano em aulas, entre outros, com o professor alemão Hans-Joachim Koellreutter, introdutor da técnica dodecafônica no Brasil.

    Antonio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (Rio de Janeiro, January 25, 1927 - New York, December 8, 1994), better known as Tom Jobim, was a composer, conductor, pianist, singer, arranger and Brazilian guitarist.
    It is considered the greatest ever exponent of Brazilian music by Rolling Stone, and one of the creators of the bossa nova movement.

    Born in the Tijuca, in Rio de Janeiro, Tom moved with his family the following year to Ipanema, where it was created. The absence of the father, Jorge de Oliveira Jobim, during childhood and adolescence has imbued them contained a resentment, a teacher in developing deep relationships with the sadness and the melodic romanticism, transferred to the peculiar harmonic and melodic construction. He learned to play guitar and piano lessons, among others, with the German Professor Hans-Joachim Koellreutter, introduced the twelve-tone technique in Brazil.

  • Wu-Li Beto Richa

    10:47

    A execução desta música foi em um recital que aconteceu uma semana depois do dia 29 de abril. O músico Welligton Alves foi convidado pra tocar com Belquior Marques e Caoqui Sanches a peça Wu-Li, de Koellreutter e improvisar sobre alguns parâmetros pré-determinados com fontes sonoras extraídas do massacre ocorrido contra os professores paranaenses.

  • H. J. Koellreutter - Música 1941-2º mov.

    2:27

    Piano: Sergio Villafranca
    Facebook:
    ==================================================
    Celebrating the centennial of HANS-JOACHIM KOELLREUTTER (1915-2015) at the Academia Brasileira de Letras/Rio de Janeiro in 3th september 2015.
    Koellreutter was a german and brazilian naturalized flautist, composer, conductor, educator. His performance reflected throughout the Brazilian music scene of the twentieth century, after his arrival in 1937, both about composers of classical music and popular music, having created in Brazil the Music Festivals among many others projects. Koellreutter also founded schools in India and Japan, whose artistic aesthetic and cultures impacted his art. The conductor was also Director of the Goethe Institute in Brazil, Germany, India and Japan.
    ------------------------------------------------------------------------------------------------------
    Apresentação realizada na Academia Brasileira de Letras/RJ em 03/09/2015 em homenagem ao centenário de nascimento de Hans-Joachim Koellreutter (1915-2005). Koellreutter foi flautista, compositor, maestro e educador alemão, naturalizado brasileiro anos após sua chegada ao Brasil em 1937. Sua atuação impactou o cenário musical brasileiro da música erudita e da música popular do século XX, tendo criado os Festivais de Música, dentre muitos outros projetos. Koellreutter também fundou escolas na Índia e no Japão, cujas estéticas artísticas e culturas influenciaram sua arte. O maestro também foi diretor no Instituto Goethe no Brasil, Alemanha, Índia e Japão.

  • KOELLREUTTER Fanfarra de inauguração LEANDRO GAZINEO OSN-UFF

    2:05

    HANS-JOACHIM KOELLREUTTER: Fanfarra de inauguração
    Orquestra Sinfônica Nacional - UFF
    Conductor: Leandro Gazineo
    DVD Música Viva - Série Música Brasileira no Tempo
    Recorded at Cine Arte UFF, Niterói, Brazil, 2007.

  • x
  • Koellreutter, gênio inovador e grande mestre!

    55:28

    Universo do Barbieri

    Oi...Sejam bem vindos ao Universo do Barbieri

    Como o próprio nome sugere usarei este espaço para discutir áreas do conhecimento humano e ideias que ajudaram a construir minha visão de mundo...minha realidade.

    Este primeiro programa é dedicado ao grande gênio alemão/brasileiro H. J. Koellreutter.

    Hans-Joachim Koellreutter foi um compositor, maestro, educador e filósofo do nosso tempo. Ele nasceu em 1915 na Alemanha tendo mudado residência para o Brasil 1937.

    Koellreutter iniciou um trabalho fundamental de criação e formação cuja trajetória e experiência viriam registrar seu nome como sendo o marco zero do novo na cultura musical do Brasil. A revolução de Koellreutter compreende um projeto artístico e humanístico de amplas dimensões.

    Eu tive o previlégio de conhece-lo pessoalmente mas, infelizmente por muito pouco tempo. No entanto este pouco tempo foi suficiente para marcar-me para sempre. Koellreutter com sua visão holistica da música abriu para mim um mundo infinito de possibilidades artísticas. Visite para acessar e baixar um grande material informativo sobre o mestre Koellreutter no formato PDF.

  • KOELLREUTTER Hai-kais LIGIA AMADIO - GEILSON SANTOS - OSN-UFF

    4:01

    HANS-JOACHIM KOELLREUTTER: Hai-kais
    Orquestra Sinfônica Nacional - UFF
    Conductor: Ligia Amadio
    Tenor: Geilson Santos
    Violino: Vera Kingkade
    Clarinete: Walter Junio da Silva Vieira
    Fagote: Marcos José Reis Campos
    Trompete: nelson da Silva Oliveira

    DVD Música Viva - Série Música Brasileira no Tempo
    Recorded at Cine Arte UFF, Niterói, Brazil, 2007.

  • ensaio EUMATHEUS

    13:04

    Wu-li: um ensaio de música experimental
    Hans-Joachim Koellreutter

  • Poema H. J. Koellreutter

    1:22

    Versos de Oneyda Alvarenga
    Cuca Medina (mezzo-soprano) e Celso Loureiro Chaves (Piano)
    Concerto 100 anos de Koellreutter - Theatro São Pedro
    Porto Alegre, 17 de Outubro de 2015.

  • Acronon - H.J. Koellreutter

    5:07

    Coautoria de Sérgio Villafranca e Wagner Ortiz da obra Acronon, interpretação sobre a Esfera e releitura da obra original.

    Gravado em Estúdio Santa Marcelina
    Técnico Eduardo Avellar

    Acronon é um ensaio (pois são configurações abertas e delineadas), de forma planimétrica,
    variável e assimétrica. São três graus de andamento e 18 módulos (gestalts) sonoros, combinados aleatoriamente pelo intérprete, seguindo a partitura escrita (em cores) numa esfera transparente.
    Ácronon significa ser independente e livre do tempo medido, do tempo do relógio, do metrônomo
    e, em termos musicais, da métrica racional, da duração determinada, do compasso. É uma tentativa de realizar música que ocorre no âmbito de um tempo qualitativo -o tempo como forma de percepção.

    Para saber mais:

  • Tarde H. J. Koellreutter

    58

    Versos de Menotti del Picchia
    Concerto 100 anos de Koellreutter - Theatro São Pedro
    17 de Outubro de 2015.
    Cuca Medina (mezzo-soprano)
    Celso Loureiro Chaves (Piano)

  • Gilberto Mendes - O meu amigo Koellreutter

    2:38

    O meu amigo Koellreutter, música de Gilberto Mendes, aqui interpretada pelo pianista Antonio Eduardo, pela soprano Marcia Guimarães e, na marimba, por Piero Guimarães faz parte do dvd A ODISSEIA MUSICAL DE GILBERTO MENDES, produzido pela Berço Esplêndido e dirigido por Carlos de Moura Ribeiro Mendes

  • O Meu Amigo Koellreutter - Gilberto Mendes

    3:30

    faixa 05 do álbum A Música de Gilberto Mendes (selo Sesc)

    composição: Gilberto Mendes, 1984.
    marimba: Cesar Masano
    voz: Andrea Kaiser
    piano: Beatriz Alessio

  • DEW um filme de - a movie by Rita Varlesi e/and Emanuel Pimenta

    34:25

    (English - see bellow)


    DEW
    um filme de Rita Varlesi e Emanuel Pimenta

    Dudão Melo - eletrônica
    Emanuel Pimenta - flauta transversal
    Wilton Azevedo - eletrônica

    Em fevereiro de 2016, Dudão Melo, tocando sistemas eletrônicos, ( Emanuel Dimas de Melo Pimenta na flauta transversal ( e Wilton Azevedo, também tocando sistemas eletrônicos; juntaram-se na casa do Wilton Azevedo ( em São Paulo, Brasil, para tocar. Os princípios foram o da estética Zen, ten chi jin: três mundos diferentes, três sons diferentes, três pessoas; e do da independência das artes, como estabelecido por Antonin Artaud. O processo lembrou a estratégia estética do harmolodics de Ornette Coleman, amigo de Emanuel Pimenta. Tudo foi filmado pela Rita Varlesi. Depois, as imagens foram montadas e trabalhadas por Emanuel Pimenta. DEW - orvalho em português - é a montagem das primeiras letras de Dudão Melo, Emanuel Pimenta e Wilton Azevedo.
    Este trabalho foi feito em memória de Hans Joachim Koellreutter e Ornette Coleman.



    DEW
    a movie by Rita Varlesi and Emanuel Pimenta

    Dudão Melo - electronics
    Emanuel Pimenta - transversal flute
    Wilton Azevedo - electronics

    In February 2016, Dudão Melo, performing electronic systems ( Emanuel Dimas de Melo Pimenta on transversal flute ( and Wilton Azevedo, also performing electronic systems; joined at Wilton Azevedo's home ( in São Paulo, Brazil, to play. The principles were those of the Zen aesthetics - ten jin chi: three different worlds, three different sounds, three musicians and artists; and of the independence of the arts, as established by Antonin Artaud. The process reminded the aesthetic strategy of the harmolodics created by Ornette Coleman. Everything was filmed by Rita Varlesi. Then the images were edited and worked by Emanuel Pimenta. DEW is the assembly of the first letters of Dudão Melo, Emanuel Pimenta and Wilton Azevedo.
    This work was made in memory of Hans Joachim Koellreutter and Ornette Coleman.

  • Ukrinmakrinkrin

    5:37

    Festival Internacional la música en el Di Tella, resonancias de la modernidad.
    Homenaje al Centro Latinoamericano de Altos Estudios Musicales (CLAEM)
    en su 50º Aniversario

    Concierto IV, 22 de junio 2011, Centro Cultural Borges

    Compañía Oblicua
    Macarena Valenzuela, soprano

    UKRINMAKRINKRIN para soprano, instrumentos de viento y piano, fue escrita en 1964 en Buenos Aires, sendo estrenada en el mismo año, en el concierto de los becarios del CLAEM por Amalia Bazán y conjunto de cámara dirigido por Blas Emilio Atehortúa.
    La obra utiliza un texto original del dialecto de los indígenas Xucurús del Norte de Brasil y ya, en 1964, realiza lo que se llamaría años después de realismo mágico en la literatura latinoamericana. Escrita en 3 partes, cada una de ellas presenta un ambiente sonoro específico. El primer movimiento Patú Paité utiliza un proceso que he inventado, entonces, de cristalización de tres sonidos de la serie en los vientos que se van intercambiando constantemente y la violencia del piano (que utiliza el espectro serial total verticalmente) con las dramáticas intervenciones del soprano, en las cuales la serie es utilizada en su horizontalidad. En el segundo tiempo Tapipó Xennunpri utilizo 6 estructuras libres, parcialmente aleatorias, donde uso progresivamente 2, 4,6,8,10 y 12 sonidos de la serie. El tercer tiempo Karé Xukêgo es un explosivo movimiento, donde utilizo una técnica de circulación continua de la serie en todas sus posibilidades (inversión, retrógados, etc.) en una especie de delirio sonoro. La voz utiliza sonidos en frullati y glissandos, como si fuera un pájaro delirante. La obra, fundamentalmente, un violenta crítica y protesto personal a la invasión de los blancos en las aldeas indígenas de Brasil, resultante en la destrucción de ellas, por enfermedades, alcohol, drogas y prostitución, que han degradado en los últimos siglos las civilizaciones indígenas del Brasil.
    La obra fue presentada en 1966 en la Tribuna Internacional de Compositores del CIM/UNESCO, donde ha recibido una recomendación resultante en 47 presentaciones en igual número de países de Europa, además de USA e Japón siendo la obra que empezó el reconocimiento internacional a mi producción como compositor.

    Nobre, Marlos

    Nació en 1939, en Recife, Brasil. Compositor, pianista y director de orquesta. Durante 1948-1959, estudió Piano y Teoría Musical en el Conservatorio de Música de Pernambuco. En San Pablo, estudió Composición con Hans-Joachim Koellreutter (1960) y con Camargo Guarnieri (1961-1962). Obtuvo una beca para estudiar en el CLAEM, durante 1963-1966. Entre 1968 y 1969, tomó clases con Vladimir Ussachevsky en el Columbia-Princeton Electronic Music Center (Nueva York) y con Alexander Goehr y Gunther Schuller, en el Berkshire Music Center (Tanglewood).
    De regreso a Brasil, se estableció en Río de Janeiro donde participó de la vida cultural, ocupando importantes cargos, como Director Musical de Radio MEC y de la Orquesta Sinfónica Nacional (1971-1976); Director del Instituto Nacional de Música FUNARTE (1976-1979); Presidente de la Academia Brasilera de Música (1985-1995) y Presidente del Consejo Internacional de Música de la UNESCO (1986-1987).
    Su destacada actividad como compositor se equipara a su desempeño como intérprete. Durante su carrera, obtuvo importantes distinciones: Orden de Mérito (Brasilia, 1988); Orden de Rio Branco (1989); TRIMALCA (1979); Tribuna Internacional de Compositores (1994); Orde d'Arts et Lettres (France, 1994) y el Premio Tomás Luis de Victoria (2005), entre otros.

  • Walter Smetak - Áquas

    8:21

    Walter Smetak ‎-- Smetak
    Label: Philips -- 6349 110
    Format: Vinyl, LP, Album
    Country: Brazil
    Released: 1974

  • A música não pode ser erudita

    4:39

    Soneto concreto

    Aos operários,
    Esteve na prisão comigo,
    Música não pode ser erudita,
    Músico pode ser erudito!

    Eu prefiro dizer o que sempre se dizia:
    Música clássica e música popular.
    A música é uma arte que se serve da linguagem dos sons,
    Nós usamos então metáforas!

    Fusão do popular e do clássico,
    Na base da improvisação:
    Música não pode ser erudita;

    Músico pode ser erudito!
    Raro é a realização da personalidade.
    Cada um é diferente: o círculo se fechou!

    Soneto concreto é uma montagem de frases proferidas pelo compositor e professor Hans-Joachim Koellreutter (1915-2005), com recortes de sua voz original colhida em gravações de aulas, conferências e documentários.

    São apresentadas duas de suas mais marcantes e controversas teses:

    a. NEGAÇÃO da dicotomia, ou bi partição, ou classificação da música a partir dos termos ‘erudito’ e ‘popular’, utilizado na época pela maioria dos acadêmicos e academias.

    b. NEGAÇÃO da erudição como qualidade da música.

    Apresenta a ‘erudição’ como algo mais apropriado à qualificação do próprio homem, isto é, do músico; por outro lado recusa a classificação da música segundo uma suposta presença ou ausência de ‘erudição do objeto artístico’, pois a própria delimitação para representar tais categorias implica na divisão entre o que tem e o que não tem erudição, o que seria o mesmo que afirmar que a erudição é vetada ao músico do campo popular. A delimitação do erudito, dessa forma, seria uma forma de desqualificação do popular.

    Propõe, como alternativa, os termos ‘popular’ e ‘clássico’, este último compreendendo o universo da música de concerto europeia, a partir do renascimento.

    ==============

    A música não pode ser erudita é uma 'obra manifesto': interpreta e defende uma tese, não se reivindicando neutra. Seu suporte é uma montagem literomusical em dois planos:

    1. Trechos de falas, conferências ou documentários de Koellreuter, que compõe o Soneto Concreto.

    2. Fragmentos musicais de Koellreutter e seu contemporâneo Adoniram Barbosa.

    PEÇAS UTILIZADAS

    Adoniram – Casamento do Moacir; Despejo na Favela; Morro da Casa Verdade; Mulher patrão e cachaça; Trem das Onze e Véspera de Natal (músicas).

    Koellreutter — Anacron; Panta Rhei; Wo-Li; Improviso para flauta; Três peças para piano (músicas). Informação (documentário).

    Desse universo sonoro são recortados trechos de alguns segundos — ‘módulos básicos’, material sonoro que vai ser utilizado na montagem.

    Os módulos são organizados em bancos de timbres, disparados por teclados e controladores virtuais, segundo uma técnica planimétrica.

    Nas palavras do próprio professor:

    PLANIMETRIA é a técnica de composição que organiza os signos musicais em diagramas multidirecionais de séries e estruturas. Relação profunda entre som e silêncio, combina predeterminado (composição) e aleatório (improvisação). Valoriza ocorrências acausais e permutações, vivência e percepção do tempo, em campos sonoros. Busca superar o dualismo: consonância/dissonância, melodia/acorde, contraponto/harmonia, forte/fraco, definido/indefinido, correto/incorreto, belo/feio, vida/morte, imanência/transcendência. Concretion (1960) foi meu primeiro ensaio planimétrico. A base é a minha estética relativista do impreciso e do paradoxal. (Folha de São Paulo, Caderno Mais, 7 de novembro de 1999)

  • Convite para Concerto CCSP 13/09 -12h

    40

    O universo musical de Koellreutter - Ericsson Castro
    Informações
    Dia 13/9 - domingo - 12h
    O violonista Ericsson Castro apresenta um programa dedicado ao centenário de Hans Joachim Koellreutter. Com apresentações em diversas cidades brasileiras, vem se dedicando ao repertório contemporâneo para violão, com destaque para a produção brasileira. 90min - livre - Sala Jardel Filho (321 lugares)
    grátis - sem necessidade de retirada de ingressos
    Rua Vergueiro 1000 - CEP 01504-000 tel 3397 4002 - Paraíso. São Paulo - SP

  • Enquanto o Mundo - H.J. Koellreutter

    2:48

    Versos: Mário de Andrade
    Concerto 100 anos de Koellreutter - Theatro São Pedro
    17 de Outubro de 2015.
    Cuca Medina (mezzo-soprano)

  • Duo Ouvir Estrelas - Noturnos 1 e 2 de Hans-Joachim Koellreuter

    2:00

    Interpretação das músicas Noturnos 1 e 2 do compositor Hans-Joachim Koellreuter

  • Aula prática sobre Koellreutter - Tamborilada

    1:37

    Turma de Licenciatura em música da Faculdade Cantareira, nov. 2013
    Professora: Enny Parejo

  • Aula prática sobre Koellreutter

    4:55

    Turma de Licenciatura em música da Faculdade Cantareira, nov. 2013
    Professora: Enny Parejo

  • Sauced

    9:41

    Provided to YouTube by CDBaby

    Sauced (Live) · Wu Li

    Wu Li

    ℗ 2008 Wu Li Music, LLC

    Released on: 2008-01-01

    Auto-generated by YouTube.

  • PERCEX 2015 10

    15:52

    PERCEX

    música: Carne e Osso (Composição Coletiva do grupo PERCEX em torno de um meio tom.

    músicos:
    Roberto Gava: guitarra
    Ricardo Stuani: percussão
    Eufrásio Prates:cítara
    Max Schenkman: voz/efeitos
    Miguel D. Antar: contrabaixo
    Antonio Herci: piano

    performance/dança: Aila Regina e Denise Melo

    gravado no dia 1 de Outubro de 2015, no auditório Lupe Cotrin, da ECA/USP Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, Brasil, em celebração aos cem anos de Hans Joachim Koellreutter

    um filme de Emanuel Dimas de Melo Pimenta



    PERCEX

    music: Flesh and Bone (Colective composition of the PERCEX ensemble, around a half tone)

    musicians:
    Roberto Gava: guitar
    Ricardo Stuani: percussion
    Eufrásio Prates:sitar
    Max Schenkman: voice/efects
    Miguel D. Antar: bass
    Antonio Herci: piano

    performance/dance: Aila Regina and Denise Melo

    recorded in October 1, 2015, at the Lupe Cotrin amphitheater, at the ECA/USP School of Communication and Arts of the University of São Paulo, Brazil, in celebration of the centennial of Hans Joachim Koellreutter


    a film by Emanuel Dimas de Melo Pimenta

  • Família Jobim - Águas de Março

    3:38

    Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (Rio de Janeiro, 25 de janeiro de 1927 — Nova Iorque, 8 de dezembro de 1994), mais conhecido como Tom Jobim, foi um compositor, maestro, pianista, cantor, arranjador e violonista brasileiro.
    É considerado o maior expoente de todos os tempos da música brasileira pela revista Rolling Stone, e um dos criadores do movimento da bossa nova.

    Nascido no bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro, Tom mudou-se com a família no ano seguinte para Ipanema, onde foi criado. A ausência do pai, Jorge de Oliveira Jobim, durante a infância e adolescência lhe impôs um contido ressentimento, desenvolvendo no maestro uma profunda relação com a tristeza e o romantismo melódico, transferido peculiarmente para as construções harmônicas e melódicas. Aprendeu a tocar violão e piano em aulas, entre outros, com o professor alemão Hans-Joachim Koellreutter, introdutor da técnica dodecafônica no Brasil.

    Antonio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (Rio de Janeiro, January 25, 1927 - New York, December 8, 1994), better known as Tom Jobim, was a composer, conductor, pianist, singer, arranger and Brazilian guitarist.
    It is considered the greatest ever exponent of Brazilian music by Rolling Stone, and one of the creators of the bossa nova movement.

    Born in the Tijuca, in Rio de Janeiro, Tom moved with his family the following year to Ipanema, where it was created. The absence of the father, Jorge de Oliveira Jobim, during childhood and adolescence has imbued them contained a resentment, a teacher in developing deep relationships with the sadness and the melodic romanticism, transferred to the peculiar harmonic and melodic construction. He learned to play guitar and piano lessons, among others, with the German Professor Hans-Joachim Koellreutter, introduced the twelve-tone technique in Brazil.

  • Sérgio Villafranca - K-100 + PeriMantra

    4:15

    Homenagem ao compositor e maestro Hans-Joachim Koellreutter (1915-2005).
    Concerto com a Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro
    Regência: Antônio Carlos Borges-Cunha
    Porto Alegre/RS - Brasil, 18.10.2015.

    Facebook:
    ===================================================

  • Todas las Puertas – Wu-li

    4:03

    The third of four videos from our June/2019 residency in Colombia features “Wu-li”, piece by contemporary composer Koellreutter (1915-2005). The German-born naturalized Brazilian was one of Brazil's most important musical educators of the 20th century, having taught people such as Tom Jobim and Guerra Peixe. On “Wu Li”, Koellreutter experiments with the limits between author, performer and listener through a sort of improvisation map into the relativist aesthetic of the imprecise and paradoxical, suggesting a new understanding of the sound/silence axis. The piece’s unorthodox notation, a diagram with lines and geometrical figures, indicates different time durations to be executed at the performer's choice as sound, pause or silence – here, we have expanded this reading also to movement and stillness of dancer Silvia Bermúdez and of video artist Juliana Castro Duperly.

    Deeply thankful mention to OneBeat, Found Sound Nation, U.S. Department of State and Embajada de los Estados Unidos Colombia for trusting us and making all of this possible. And to the artists and team who joined in with body and soul, all our gratitude.

  • 004 Musicaviva Ensamble Aventure

    5:38

    Conciertos del Ensemble Aventure como parte del Festival Músicaviva 2012.
    La force du vertige (1985) (Huber - Alemania)
    Los cadadias (1980) (Aharonián - Uruguay)
    Tres piezas para piano (1945/1965/1977) (Koellreutter - Alemania)
    Quinteto Silvestre (1992)(Luzuriaga- Ecuador)
    Materia oscura (2011)(Quell - Alemania)
    Libres en el sonido presos en el sonido (1997) (Paraskevaidis - Argentina)
    Música de cámara con paila obligada (2012) (Maiguashca- Ecuador)

  • Schubert - Sinfonia No.8

    25:39

    Schubert - Sinfonia No.8 Inacabada
    OSTNCS, regida por Hans-Joachim Koellreutter
    Cine Brasília
    29 ou 30/11/1980
    21h

    Obs. Infelizmente, as composições Música gestual, de Tato Júnior e Acronon, de Koellreuter, solada por Caio Pagano, não constam nesta fita.

    Acervo de Neusa França. Gravação não-comercial realizada por seu esposo Oswaldo França em fita cassete, digitalizada pelo Instituto Piano Brasileiro. Agradecimentos especiais a seus filhos Magda França, Denise Bandeira e Leonardo França, que gentilmente autorizaram a divulgação deste material.

    Digitalização: Adalberto Carvalho Pinto
    betoacp@gmail.com



    Torne-se assinante do IPB!

    Assinantes recebem a cada mês um álbum de partituras brasileiras em pdf cuidadosamente selecionadas de nosso acervo.
    O valor da contribuição mensal é livre, e o pagamento pode ser feito com cartão de crédito ou paypal, sendo possível cancelar a qualquer momento.

    Become a backer of the Brazilian Piano Institute!

    By supporting us, you will receive each month a pdf album with 10 rare Brazilian scores carefully selected from our archives.

  • Sonho de uma Noite de Verão H. J. Koellreutter

    1:27

    Versos de Ronald de Carvalho
    Concerto 100 anos de Koellreutter - Theatro São Pedro
    17 de Outubro de 2015.
    Cuca Medina (mezzo-soprano)
    Celso Loureiro Chaves (Piano)

  • Sobre a Improvisação 4#

    6:35

    Quarto de cinco vídeos sobre a improvisação na música de concerto
    Bibliografia básica para o quarto vídeo
    Johann Fux : Gradus ad Parnassum
    Hans-Joachim Koellreutter:Contraponto modal do século XVI: (Palestrina)
    Dusan Bogdanovic: Counterpoint for Guitar, With Improvisation in the Renaissance Style and Study in Motivic Metamorphosis.

  • Koellreuter - Programa Primeiro Plano de Nelson Hoineff

    23:17

    Hans-Joachim Koellreutter (1915-2005). Compositor, professor, flautista, nasceu em Freiburg, Alemanha. Mudou-se para o Brasil em 1937 e foi um dos nomes mais influentes na vida musical do país.

  • Koellreutter - Universidade da Bahia

    52

    Koellreutter fala sobre as oportunidades dentro da Universidade da Bahia.

  • Ernst Widmer - Ondina

    5:59

    Ernst Widmer (Aarau, 25 de abril de 1927 - Aarau, 3 de janeiro de 1990), compositor, regente, pianista, professor e pedagogo musical suíço-brasileiro.Formou-se no Conservatório de Zurique sob a orientação de Willy Burkhard (composição), Walter Frey (piano) e Paul Müller (instrumentação), graduou-se, no ano de 1950, em Piano, Composição e em Pedagogia de disciplinas teóricas e contraponto.
    Veio para o Brasil, em 1956, a convite de Hans-Joachim Koellreutter - fundador dos Seminários de Música da Bahia - atualmente Escola de Música da Universidade Federal da Bahia.
    Em Salvador, onde passaria a metade da sua vida, Widmer foi professor titular da Escola de Música da Universidade Federal da Bahia. Lecionou composição, orquestração, improvisação, teoria, percepção e educação musical, regente do Madrigal da Universidade Federal da Bahia e professor Widmer idealizou os Cursos de Música Nova e as Apresentações de Compositores da Bahia. Foi mestre de três gerações de regentes e compositores de distintas tendências, dentre os quais se incluem Benito Juarez, Lindembergue Cardoso, Fernando Cerqueira, Jamary Oliveira, Carlos Veiga, Tom Zé, Marco Antônio Guimarães, Agnaldo Ribeiro, Paulo Costa Lima e muitos outros. Foi também o mentor de um importante movimento musical que, em 1966, deu origem ao Grupo de Compositores da Bahia.Ainda nos anos 1960, naturalizou-se brasileiro.
    Autor de uma vasta obra, Widmer interessou-se pelo folclore musical baiano, compreendendo-o, porém, de forma peculiar.


    Intérpretes:
    Lucas Robatto, flauta
    Eduardo Torres, piano

  • 113-Resposta Musical: exemplo 2 de Palestrina no livro de Koellreuter

    5:20

    Livro de Koellreuter 1996 sobre contraponto palestriniano (século XVI) contém várias partituras como exemplo, além de uma análise comparativa detalhada sobre estes 2 exemplos de Palestrina.

Shares

x

Check Also

Menu