This website uses cookies to ensure you get the best experience on our website. Learn more

Playlist of Dudu Nobre

x
  • Samba da Enseada - Dudu Nobre

    45:34

    Nessa edição do samba da Enseada, o convidado foi o grande mestre Dudu Nobre, que show! Acompanhado do grupo Samba do Xoxó!

    para não perder os próximos, acesse:


    Inscreva-se no canal!



    Para acompanhar as futuras gravações e eventos, Inscreva-se também nas outras redes sociais (todos os vídeos serão postados no nosso canal do Youtube):
    facebook.com/fitamarela
    instagram.com/fitamarela

    É um prazer poder contribuir um pouco com a música de raíz, seja ela o samba, pagode, partido alto, samba enredo, forró ou qualquer rítmo que nos traga alegria. Nosso canal pode ser Fitamarela, Fita amarela ou faixa amarela, como você quiser!!! É sempre muito bom compartilhar essas músicas com vocês. Fique com a gente! Inscreva-se e curta! Esperamos vocês todos os dias!

  • Dudu Nobre - Vou Botar Teu Nome Na Macumba / Quem É Ela?

    5:53

    Music video by Dudu Nobre performing Vou Botar Teu Nome Na Macumba / Quem É Ela?. (C) 2012 Universal Music Ltda

    #DuduNobre #VouBotarTeuNomeNaMacumba #Vevo #Pop #Live

  • x
  • Dudu Nobre - Ô Irene / Dona Fia / Vai Lá, Vai Lá

    4:21

    Siga o artista:
    Instagram:
    Facebook:

    Ô Irene / Dona Fia / Vai Lá, Vai Lá - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 2008
    (Moises Santiago, Beto Sem Braço, Geovana, Cesar Veneno, André Rocha, Alexandre Silva)

    Letra:
    Ô Irene, Ô Irene
    Ô Irene, Ô Irene

    Vai buscar o querosene
    Pra acender o fogareiro

    Dona Fia, Dona Fia
    Dona Fia cadê Ioiô, cadê Ioiô
    Cadê Ioiô dona Fia, cadê Ioiô
    Cadê, Cadê, Cadê Ioiô Cadê,
    Cadê, Cadê Ioiô

    Ioiô é um moleque maneiro
    Vem lá do Salgueiro e tem seu valor
    Toca cavaco, pandeiro
    E no Partido Alto é bom versador
    E quem sabe o seu paradeiro
    É o pandeiro cavaco e tantã
    Quando ele encontra a rapaziada
    Só chega em casa de manhã

    Dona Fia, Dona Fia
    Dona Fia cadê Ioiô, cadê Ioiô
    Cadê Ioiô dona Fia, cadê Ioiô
    Cadê, Cadê, Cadê Ioiô Cadê,
    Cadê, Cadê Ioiô

    Quero encontrar este bamba
    Que em termos de samba é sensacional
    Para alegrar o pagode
    Que estou preparando lá no meu quintal
    E foi no samba pra gente
    Que vi um valente versar pra Ioiô
    Mas ele estava indecente
    Deixando o malandro de pomba-rolô

    Dona Fia, Dona Fia
    Dona Fia cadê Ioiô, cadê Ioiô
    Cadê Ioiô dona Fia, cadê Ioiô
    Cadê, Cadê, Cadê Ioiô Cadê,
    Cadê, Cadê Ioiô

    Vai lá, vai lá!
    Vai lá, vai lá!
    Vai lá, vai lá!
    Vai lá, vai lá!

    Vai lá!
    Vai lá no Cacique sambar
    Não fique de marra vem cá
    Não deixe essa onda quebrar
    Meu barco já vai navegar
    Vou dar a partida...

    Iô iô, iô iô!
    Iô iô, iô iô!
    Iô iô, iô iô!
    Iô iô, iô iô!

    Vem cá!
    Um pudim sem côco
    Não dá
    Já tô preparando o jantar
    Tem prá sobremesa, manjar
    Pimenta não pode faltar
    Feijão sem tempero
    É ruim de aturar...

    Iô iô, iô iô!
    Iô iô, iô iô!
    Iô iô, iô iô!
    Iô iô, iô iô!

    É, pois é!
    Estou procurando o José
    Ficou de me dar um qualquer
    Busquei na Bahia um axé
    De olho no acarajé
    Ganhei uma preta
    No candomblé...

    Iô iô, iô iô!
    Iô iô, iô iô!
    Iô iô, iô iô!
    Iô iô, iô iô!
    Ai, ai, ai, ai!

    Vai lá, vai lá!
    Vai lá, vai lá!

    Produção e direção: Santiago Ferraz
    Music video by Dudu Nobre performing Ô Irene / Dona Fia / Vai Lá, Vai Lá. © 2008 Universal Music International

  • Dudu Nobre - Vou Botar Teu Nome Na Macumba / Posso Até Me Apaixonar

    4:56

    Siga o artista:
    Instagram:
    Facebook:

    Vou Botar Teu Nome Na Macumba / Posso Até Me Apaixonar - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 2008
    (Zeca Pagodinho, Dudu Nobre, Dudu Nobre)

    Letra:
    Samba, a gente não perde o prazer de cantar
    E fazem de tudo pra silenciar
    A batucada dos nossos tantãs
    No seu ecoar, o samba se refez
    Seu canto se faz reluzir
    Podemos sorrir outra vez

    Samba, eterno delírio do compositor
    Que nasce da alma, sem pele, sem cor
    Com simplicidade, não sendo vulgar
    Fazendo da nossa alegria, seu habitat natural
    O samba floresce do fundo do nosso quintal

    Este samba é pra você
    Que vive a falar, a criticar
    Querendo esnobar, querendo acabar
    Com a nossa cultura popular

    É bonito de se ver
    O samba correr, pro lado de lá
    Fronteira não há, pra nos impedir
    Você não samba mas tem que aplaudir

    Produção e direção: Santiago Ferraz
    Music video by Dudu Nobre performing Vou Botar Teu Nome Na Macumba / Posso Até Me Apaixonar (Ao Vivo). © 2008 Universal Music International

  • x
  • Feliz da Vida

    3:48

    Provided to YouTube by Sony Music Entertainment

    Feliz da Vida (Ao Vivo) · Dudu Nobre

    Dudu Nobre Ao Vivo

    ℗ 2003 BMG BRASIL LTDA.

    Composer, Lyricist: Ney Lopes
    Producer: Rildo Hora

    Auto-generated by YouTube.

  • Mini Saia

    3:27

    Provided to YouTube by Universal Music Group

    Mini Saia (Live) · Dudu Nobre

    Roda De Samba Ao Vivo

    ℗ 2008 Universal Music Ltda

    Released on: 2008-01-01

    Producer: Rildo Hora
    Composer Lyricist: Gabriel Moura
    Composer Lyricist: Valmir Ribeiro
    Composer Lyricist: Carlos Moura

    Auto-generated by YouTube.

  • x
  • Dudu Nobre - No Mexe Mexe, No Bole Bole

    4:08

    Music video by Dudu Nobre performing No Mexe Mexe, No Bole Bole. (C) 2003 BMG BRASIL LTDA.

  • Tinha Cachaça No Meio

    3:18

    Provided to YouTube by Universal Music Group

    Tinha Cachaça No Meio (Live) · Dudu Nobre

    Roda De Samba Ao Vivo

    ℗ 2008 Universal Music Ltda

    Released on: 2008-01-01

    Producer: Rildo Hora
    Composer Lyricist: Dudu Nobre
    Composer Lyricist: Almir Guineto
    Composer Lyricist: Fred Camacho

    Auto-generated by YouTube.

  • Dudu Nobre

    44:12

    Roda de samba e resenha com amigos durante a gravação de um programa de tv!

  • x
  • Dudu Nobre - Mini Saia

    3:28

    Siga o artista:
    Instagram:
    Facebook:

    Mini Saia - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 2008
    (Carlos Moura, Gabriel Moura, Valmir Ribeiro)

    Letra:
    Eu Fico na janela esperando
    Ela passar de mini saia
    È perna pra dedéu do chão ao céu
    Que fica sob a mini saia
    Ela usa pra provocar
    Rebolando ela vai sambar
    A saia roda gira todos viram
    Que ela vinha que alegria
    Isso que é ter bumbum
    A molecada para até o futebol
    O vento bate e o sol derrama o seu amor
    A cor do céu não é azul é rosa
    E a rua inteira reparou!!
    Na mini saia,isso é que é ter bumbum
    Na mini saia isso é que é ter bumbum
    Ela sai assim de manhã
    Começa o dia já botando pra quebrar
    Sabe que é gostosa fica toda prosa
    Quando sacode o seu balangandã
    A saia roda gira todos viram
    Que ela vinha que alegria
    Isso é que ter bumbum
    A molecada para até o futebol
    O vento bate e o céu derrama o seu amor
    A cor do céu não é azul..é rosa
    E a rua inteira reparou......

    Produção e direção: Santiago Ferraz
    Music video by Dudu Nobre performing Mini Saia. © 2008 Universal Music International

  • Dudu Nobre - Tinha Cachaça No Meio

    3:15

    Siga o artista:
    Instagram:
    Facebook:

    Tinha Cachaça no Meio - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 2008
    (Almir Guineto, Dudu Nobre, Fred Camacho)

    Letra:
    Que tremenda confusão
    Voava cadeira, voava pandeiro
    Gente com vacilação
    Bagunçando o samba no terreiro
    Bebeu umas e ficou valente
    Virou homem forte, não teve receio
    Tinha cachaça no meio
    Tinha cachaça no meio

    Gente muito educada
    Perdeu toda educação
    A culpa foi da maldita
    Foi da água de brigão
    Chegou a conta muito cara
    Ninguém entrou no rateio
    Xingamento, palavrão
    E o bagulho ficou feio
    Tinha cachaça no meio
    Tinha cachaça no meio

    A amizade foi desfeita
    Não adianta chorar
    Tem gente que não aceita
    Nem quer reconsiderar
    Vi malandro ferrabrás
    Sendo jogado pra escanteio
    O tumulto era demais
    E a polícia interveio
    Tinha cachaça no meio
    Tinha cachaça no meio

    Mulher virou homem macho
    Deu fritada de montão
    Um tremendo esculacho
    Vejam que situação
    Patricinha boazuda
    Exibindo o próprio seio
    Charlatão que dá consulta
    Diz que o santo logo veio
    Tinha cachaça no meio
    Tinha cachaça no meio

    O tumulto é comentado de Cascadura ao Recreio
    Tinha cachaça no meio
    Tinha cachaça no meio

    E rasgaram um smoking e o seu traje de passeio
    Tinha cachaça no meio
    Tinha cachaça no meio

    Produção e direção: Santiago Ferraz
    Music video by Dudu Nobre performing Tinha Cachaça No Meio. © 2008 Universal Music International

  • Dudu Nobre - Moro Na Roça / Recordação De Um Batuqueiro

    3:32

    Siga o artista:
    Instagram:
    Facebook:

    Moro Na Roça / Recordação De Um Batuqueiro - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 2008
    (Xangô Da Mangueira, Xangô Da Mangueira, Jorge Zagaia, J. Gomes)

    Letra:
    Moro na roça iaiá
    Nunca morei na cidade
    Compro o jornal da manhã
    Que é pra saber das novidades

    Amanhã eu vou me embora
    Vou vê-la comigo Maria Candeia
    Se a noite tiver chuva
    Os olhos dela que nos alumeia

    E quem te viu, quem te vê
    Quando aqui tu chegou
    Todo tatibitati
    Com aquele sotaque do interior

    Todo dia passa lá em casa
    É a minha comadre Lenita
    Ela me leva O Globo, O Extra,
    O Dia, a notícia

    Já cantei muito samba
    Eu já fui batuqueiro
    E na roda de samba
    Fui diretor de terreiro

    Arranjei uma cabrocha
    Ela samba, trabalha e cozinha
    Ela faz seu reco-reco
    Na costela da galinha

    Me chamaram pra versar
    Um tal do Pedro Malaquias
    Versei sexta, versei sábado
    Domingo até meio-dia

    Quando eu passo lá na Praça Onze
    O que me faz recordar
    É a velha sardinha frita
    Onde eu ia me deleitar

    Produção e direção: Santiago Ferraz
    Music video by Dudu Nobre performing Moro Na Roça / Recordação De Um Batuqueiro. © 2008 Universal Music International

  • Dudu Nobre - Chegue Mais

    4:01

    Music video by Dudu Nobre performing Chegue Mais. (C) 2003 BMG BRASIL LTDA.

  • Dudu Nobre - SPC / Brincadeira Tem Hora / São José De Madureira

    3:56

    Siga o artista:
    Instagram:
    Facebook:

    E Eu Não Fui Convidado / Não Quero Saber Mais Dela - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 2008
    (Arlindo Cruz, Zeca Pagodinho, Zeca Pagodinho, Zeca Pagodinho, Beto Sem Braço, Beto Sem Braço)

    Letra:
    Precisei de roupa nova
    Mas sem prova de salário
    Combinamos, eu pagava
    Você fez o crediário
    Nosso caso foi pra cova
    E a roupa pro armário
    Nosso caso foi pra cova
    E a roupa pro armário

    E depois você quis
    Manchar meu nome
    Dentro do meu metiêr
    Mexeu com a moral
    De um homem
    Vou me vingar de você
    Porque
    Eu vou sujar
    Teu nome no SPC
    Eu vou sujar
    Teu nome no SPC

    Não brinque com meu amor
    Não brinque com meu amor
    Meu amor não é brincadeira
    E nem é coisa sem valor
    O meu peito é uma esteira
    Onde a paz se deitou
    O meu peito é uma esteira
    Onde a paz se deitou

    Eu chamo e você demora
    Eu já disse à você
    Brincadeira tem hora
    Eu quero rir e você chorar
    Brincadeira tem hora

    Brincadeira
    Brincadeira tem hora...

    A solidão vive açoitando meu peito
    Procuro um jeito ligeiro
    Dela sempre me esquivar
    Mas a luz que ilumina meu caminho
    Ilustra meu pergaminho
    Com as vitórias que a vida me dá
    Maltrata quem te adora
    Brincadeira tem hora
    Eu chego você vai embora
    Brincadeira tem hora

    Brincadeira
    Brincadeira tem hora...

    Um coração, quando ama choraminga
    O olhar lecrimeja e até mingua
    Em busca de carinho
    Amor é coisa que nasce dentro da gente
    Quem não tem, vive doente
    Perdido nos descaminhos
    Essa paixão me devora
    Brincadeira tem hora
    Juro por nossa Senhora
    Brincadeira tem hora

    Brincadeira
    Brincadeira tem hora...

    (É de Madureira) É de Madureira, São José
    (É de Madureira) É de Madureira, São José
    (É de Madureira) É de Madureira, São José
    (É de Madureira) É de Madureira, São José
    (É de Madureira)

    São José
    Tú protejas a serrinha
    Que felicidade minha
    Eu poder te contemplar
    Tua capela é tão bela
    Enfeita o morro
    Mas quem te pede socorro
    Não é só quem vive lá
    Quem te agradece
    Por ser tão bem assistido
    E ter sempre conseguido
    Tantas glórias aos teus pés
    É quem sobe o morro
    Carregando lata d'agua
    Abre o riso, fecha a mágoa
    Faz do samba brincadeira

    Na palma da mão

    (É de Madureira) É de Madureira, São José
    (É de Madureira) É de Madureira, São José
    (É de Madureira) É de Madureira, São José
    (É de Madureira) É de Madureira, São José
    (É de Madureira)

    (?)
    É de Madureira, São José
    (É de Madureira)
    É de Madureira, São José
    (É de Madureira)
    Já não tem mais sofrimento no morro da Predeira
    Porque é
    (?)
    É de Madureira, São José
    (É de Madureira)
    É de Madureira, São José
    (É de Madureira)
    Se o partido é de responsa
    Eu mando verso a noite inteira
    É de Madureira, São José
    (É de Madureira)
    É de Madureira, São José
    (É de Madureira)

    E bate na palma da mão
    Pagode bom não marca bobeira
    É de Madureira, São José
    (É de Madureira)
    É de Madureira, São José
    (É de Madureira)

    Produção e direção: Santiago Ferraz
    Music video by Dudu Nobre performing SPC / Brincadeira Tem Hora / São José De Madureira. © 2008 Universal Music International

  • Dudu Nobre - Sino de Belém

    3:05

    CD e DVD Estrelas do Natal:
    Dudu Nobre canta o clássico natalino Sino de Belém.

    ---

    Estrelas do Natal:

    1. Para Não Ser Triste - Padre Fábio de Melo
    2. A Paz (Heal the World) - Daniel
    3 . Sino de Belém - Dudu Nobre
    4. Natal das Crianças - Ivete Sangalo
    5. O Velhinho - Fernanda Takai
    6. Feliz Natal Papai Noel - Martinho da Vila
    7. Noite Feliz - Alcione
    8. Boas Festas - Zeca Baleiro
    9. Natal Branco (White Christmas) - Jorge Vercillo
    10. A Nata do Natal - Luiz Melodia
    11. Oração de São Francisco - Fagner
    12. Ave Maria de Gounod - Elba Ramalho

    Extras:
    13. Parabéns Pra Jesus - Padre Marcelo Rossi - Participação especial: Chitãozinho e Xororó
    14. O Homem de Nazareth - Chitãozinho e Xororó

  • RODA DE SAMBA- DUDU NOBRE AO VIVO -SÓ SUCESSOS

    1:6:58

    #dudunobre #Samba #Pagode

    Se inscreva no nosso Canal..
    Ative o sino das Notificações..

  • Dudu Nobre - Nossa Oração

    3:16

    Music video by Dudu Nobre performing Nossa Oração. (C) 2003 BMG BRASIL LTDA.

  • Dudu Nobre - Heróis da Liberdade - Os Mais Belos Sambas Enredos

    4:19

    Heróis da Liberdade – Império Serrano 1969
    O samba nos anos negros da nossa história. O ano era 1969 e o AI-5 ainda estava cheirando a novo quando o Império Serrano levou para a avenida Presidente Vargas talvez o samba mais lindo de sua história e também o mais provocador. Silas de Oliveira, Mano Décio da Viola e Manuel Ferreira escreveram uma música que passa por várias épocas da nossa história: a Inconfidência Mineira, a abolição da escravatura e usaram até as primeiras notas do hino escrito por D. Pedro I para falar da independência do Brasil. Heróis da Liberadade é uma música sem tempo, uma música que nos ensina, nos motiva a lutar não somente pela liberdade do nosso povo, mas também a nossa liberdade individual principalmente quando diz:

    Essa brisa que a juventude afaga
    Essa chama
    Que o ódio não apaga pelo universo
    É a evolução em sua legítima razão...
    Chamados pelos censores, os autores foram obrigados a mudar a frase “é a REVOLUÇÃO em sua legítima razão” por “é a EVOLUÇÃO em sua legítima razão”. Mas o samba fala muito mais do que isso.

  • Dudu Nobre - Estava Perdido Num Mar

    3:29

    Music video by Dudu Nobre performing Estava Perdido Num Mar. (C) 2003 BMG BRASIL LTDA.

  • Dudu Nobre - A Grande Família

    3:29

    Dudu Nobre - A Grande Família

  • x
  • Dudu Nobre, Nei Lopes - Tempo De Don Don

    3:20

    Siga o artista:
    Instagram:
    Facebook:

    Tempo De Don Don - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 2008
    (Nei Lopes)

    Letra:
    Quem quiser quebrar minha viola
    Pode crer que vai se dar mal
    Minha viola é madeira de lei
    Não é qualquer qualidade de pau

    Quanto mais apanha sereno
    O som da viola melhora
    Quando eu entro no partido
    Eu vou até o romper da aurora

    É maçaranduba, moço
    Maçaranduba, ia iá
    Madeira dura que não quebra
    E não dá pra rachar

    Mocotó com pimenta faz suar
    Dá moleza no corpo e faz deitar
    Mas quem ta muito fraco não aguenta
    Comer mocotó com pimenta

    Mocotó é um barato
    Alimento que sustenta
    Fica mais gostoso o prato
    Preparado na pimenta
    Quem não tava preparado
    Pra comer do mocotó
    Comeu muito, encheu a pança
    E fechou o paletó

    Mocotó que eu preparo
    Com pimenta malagueta
    Vista curta enfia agulha
    No escuro até de letra
    Mestre cuca, como sou
    Agradeço à minha vó
    Foi ela quem me ensinou
    Preparar meu mocotó

    Produção e direção: Santiago Ferraz
    Music video by Dudu Nobre, Nei Lopes performing Tempo De Don Don. © 2008 Universal Music International

  • Dudu Nobre - É Preciso Muito Amor

    2:50

    Siga o artista:
    Instagram:
    Facebook:

    É Preciso Muito Amor - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 2008
    (Noca da Portela, Tiao De Miracema)

    Letra:
    É preciso muito amor para suportar essa mulher
    Tudo que ela vê numa vitrine ela quer
    Tudo que ela quer tenho que dá sem reclamar
    Porque senão ela chora e diz que vai embora
    Ô diz que vai embora
    Porque senão ela chora e diz que vai embora
    Ô diz que vai embora

    Pra satisfazer essa mulher eu faço das tripas coração
    Pra ela sempre digo sim, pra ela nunca digo não
    Porque senão ela chora e diz que vai embora
    Ô diz que vai embora
    Porque senão ela chora e diz que vai embora
    Ô diz que vai embora

    Produção e direção: Santiago Ferraz
    Music video by Dudu Nobre performing É Preciso Muito Amor. © 2008 Universal Music International

  • Quem é ela? - Dudu Nobre e Roberta Sá

    3:11

    Autor: Zeca Pagodinho e Dudu Nobre
    Álbum: Roda de Samba - Dudu Nobre

  • Dudu Nobre - Malandragem dela

    2:58

    Dudu Nobre - Malandragem dela do DVD e Blu-Ray Um Barzinho, Um Violão - Novela 70 - Universal Music Brasil - universalmusicbrasil

  • Dudu Nobre - Trepa No Coqueiro / Segure Tudo

    2:55

    Siga o artista:
    Instagram:
    Facebook:

    Trepa No Coqueiro / Segure Tudo - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 2008
    (Tião Graúna, Martinho da Vila, Martinho da Vila)

    Letra:
    Trepa no coqueiro
    Tira coco do coqueiro
    Tira coco do coqueiro,
    más não suja o meu terreiro

    Esse coco é do meu coqueiro
    E o coqueiro é do meu terreiro(2x)

    Tem nego vendendo cocada
    Com gosto de coco lá do meu coqueiro
    E a rapaziada já tá invocada,
    por causa do troco que é do cocadeiro

    Nego que não plantou coco
    Tá tirando coco e sujando o terreiro(2x)

    Trepa no coqueiro
    Tira coco do coqueiro
    Tira coco do coqueiro,
    más não suja o meu terreiro(2x)


    Segure tudo que for conquistado
    Segure tudo que não for de mais
    Segure o braço do seu namorado
    Segure a menina rapaz

    Assegure um amor sem despedida
    Dando amor e lealdade
    Pra não terminar a vida
    No tal bloco da saudade

    Assegure o pão de cada dia
    Trabalhando com vontade
    Segura, segura, segura, não larga
    Essa tal felicidade

    Avareza é um defeito
    Você nunca foi assim
    Eu também tenho direito
    De tocar meu tamborim
    Segure

    Produção e direção: Santiago Ferraz
    Music video by Dudu Nobre performing Trepa No Coqueiro / Segure Tudo. © 2008 Universal Music International

  • Dudu Nobre - Feirinha Da Pavuna

    2:55

    Siga o artista:
    Instagram:
    Facebook:

    Feirinha Da Pavuna - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 2008
    (Jovelina Perola Negra)

    Letra:
    Na feirinha da Pavuna
    Houve uma grande confusão
    Na feirinha da Pavuna
    Houve uma grande confusão

    A Dona cebola que estava envocada
    Ela deu uma tapa no Seu pimentão
    A Dona cebola que estava envocada
    Ela deu uma tapa no Seu pimentão

    Na feirinha da Pavuna
    Houve uma grande confusão
    Na feirinha da Pavuna
    Houve uma grande confusão

    A Dona cebola que estava envocada
    Ela deu uma tapa no Seu pimentão
    A Dona cebola que estava envocada
    Ela deu uma tapa no Seu pimentão

    Seu tomate cheio de vergonha
    Ficou todinho vermelho
    E falou assim:
    - Eu também faço parte do tempero

    Eu também faço parte do tempero
    Eu também faço parte do tempero

    Seu pepino que estava no canto
    Deu uma pernada em Dona melancia
    Dona abóbora muito gorda
    Nem do canto ela saía

    Vou chamar Seu delegado que é
    O Seu jiló para amargar
    E falou para todo mundo:
    - Acho bom isso acabar

    Acho bom isso acabar
    Acho bom isso acabar
    Acho bom isso acabar
    Acho bom isso acabar

    É, é, é, é Seu tomate
    É, é, é, é Dona celoba
    É, é, é, é Dona melancia
    Iiii...

    Acho bom isso acabar
    Acho bom isso acabar
    Acho bom isso acabar
    Acho bom isso acabar

    Produção e direção: Santiago Ferraz
    Music video by Dudu Nobre performing Feirinha Da Pavuna. © 2008 Universal Music International

  • DUDU NOBRE na Feijoada da FAMÍLIA PORTELENSE - PH Registrou

    1:2:40

    MADUREIRA/RJ, 03 de setembro de 2017.
    LUIS CARLOS MAGALHÃES
    Presidente

    Mestre MONARCO
    Presidente de Honra

    MARCOS FALCON
    In Memoriam

  • ENTREVISTA COM DUDU NOBRE : Hoje nós temos uma geração muito preguiçosa

    1:2:47

    Um super papo com o cantor e compositor Dudu Nobre, um dos grandes nomes do samba.
    ***NÃO ESQUEÇA DE SE INSCREVER***
    Inscreva-se aqui ➡️

    Acesse nossa LOJA VIRTUAL (Bonés e camisetas do canal)



    Me siga no INSTAGRAM -

    Curta a PÁGINA -

    REDES SOCIAIS

    ◆ Twitter :
    ◆ Facebook -
    ◆ Instagram -

    ASSISTA TAMBÉM

    ◆Entrevista com THIAGUINHO -

    ◆ Entrevista com FERRUGEM -

    ◆ Entrevista com Xande de Pilares -

    ◆ Entrevista com Tiee -

  • Dudu Nobre - Lamento Da Lavadeira

    3:10

    Siga o artista:
    Instagram:
    Facebook:

    Lamento Da Lavadeira - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 2008
    (Monsueto, João Vieira Filho, Nilo Chagas)

    Letra:
    Sabão um pedacinho assim
    Olha agua um pinguinho assim
    O tanque um tanquinho a assim e a roupa um tantão assim

    Para lavar a roupa da minha sinhá
    Para lavar a roupa da minha sinhá
    Para lavar a roupa da minha sinhá
    Para lavar a roupa da minha sinhá

    Quintal um Quintalzinho assim
    A corda uma cordinha assim
    O sol um solzinho assim
    E a roupa um tantão assim

    Para secar a roupa da minha sinhá
    Para secar a roupa da minha sinhá
    Para secar a roupa da minha sinhá
    Para secar a roupa da minha sinhá

    A sala uma salinha assim
    A mesa uma mezinha assim
    O ferro um ferrinho assim e a roupa um tantão assim

    Para passar a roupa da minha sinhá
    Para passar a roupa da minha sinhá
    Para passar a roupa da minha sinhá
    Para passar a roupa da minha sinhá

    Trabalho um tantão assim
    Cansaço é bastante sim
    A roupa um tantão assim
    Dinheiro um tiquinho assim

    Para lavar a roupa da minha sinhá
    Para secar a roupa da minha sinhá
    Para passar a roupa da minha sinhá
    Para passar a roupa da minha sinhá

    Produção e direção: Santiago Ferraz
    Music video by Dudu Nobre performing Lamento Da Lavadeira. © 2008 Universal Music International

  • Dudu Nobre - Vou Botar Teu Nome Na Macumba ft. Zeca Pagodinho

    3:46

    Music video by Dudu Nobre;Zeca Pagodinho performing Vou Botar Teu Nome Na Macumba. (C) 2003 BMG BRASIL LTDA.

  • DUDU NOBRE AO VIVO 3 - HDV

    5:35

    Show de Dudu Nobre - Ao Vivo - ESTUDIOLEAO.COM

  • Dudu Nobre - A Batucada Dos Nossos Tantãs

    2:41

    Siga o artista:
    Instagram:
    Facebook:

    A Batucada Dos Nossos Tantãs - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 2008
    (Sereno, Adilson Gaviao, Robson Guimarães)

    Letra:
    Samba, a gente não perde o prazer de cantar
    E fazem de tudo pra silenciar
    A batucada dos nossos tantãs
    No seu ecoar, o samba se refez
    Seu canto se faz reluzir
    Podemos sorrir outra vez

    Samba, eterno delírio do compositor
    Que nasce da alma, sem pele, sem cor
    Com simplicidade, não sendo vulgar
    Fazendo da nossa alegria, seu habitat natural
    O samba floresce do fundo do nosso quintal

    Este samba é pra você
    Que vive a falar, a criticar
    Querendo esnobar, querendo acabar
    Com a nossa cultura popular

    É bonito de se ver
    O samba correr, pro lado de lá
    Fronteira não há, pra nos impedir
    Você não samba mas tem que aplaudir

    Produção e direção: Santiago Ferraz
    Music video by Dudu Nobre performing A Batucada Dos Nossos Tantãs (Ao Vivo). © 2009 EMI Records Brasil Ltda

  • Dudu Nobre, Martinho da Vila - Chora Viola Chora

    2:12

    Music video by Dudu Nobre, Martinho da Vila performing Chora Viola Chora. © 2008 Universal Music International

  • Dudu Nobre - Água da Minha Sede

    3:33

    Music video by Dudu Nobre performing Água Da Minha Sede. (C) 2003 BMG BRASIL LTDA.

  • Dudu Nobre - Yaô / Patrão, Prenda Seu Gado

    3:54

    Siga o artista:
    Instagram:
    Facebook:

    Lamento Da Lavadeira - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 2008
    (Monsueto, João Vieira Filho, Nilo Chagas)

    Letra:
    Aquicó no terreiro
    Pelú adié
    Faz inveja pra gente
    Que não tem muié

    No jacutá de preto véio
    Há uma festa de Yaô

    Oi tem filha de Ogum
    De Oxalá, de Iemanjá
    Mucama de Oxossi caçador
    Ora viva Nanã
    Nanã, Borocô

    Iô, iô
    Iô, iô ô ô

    No terreiro de preto véio iaiá
    Óia vamo saravá
    A quem, meu pai?
    - Xangô

    Ô patrão
    Ô patrão
    Ô patrão, prenda seu gado
    Na lavra tem um ditado
    Quem mata gado é jurado
    Missa de padra é latim
    Rapaz solteiro é letrado
    Em vim preso da Bahia
    Só porque fui namorado
    Madame Diê, lalá

    Samba ioiô, samba iaiá
    Que o dia e vem, doná

    Eu bem sei
    Eu bem sei
    Eu bem sei que fui culpado
    De vir preso da Bahia
    Só porque fui namorado
    Já tirar meu passaporte
    Meu camarote de proa
    Eu aqui não vou ficar
    Vou-me embora pra Lisboa
    Senhorita vai ver, doná

    Samba ioiô, samba iaiá
    Que o dia e vem, doná

    Ô, Joana, ô Maria,
    Saruê pra que trabalha
    No pescoço da cutia
    No pavilhão, da atalaia
    Era hoje, era ontem, era donte
    Era donte, era ontem, era hoje
    Sinhazinha mandou me chamá
    Corri quatro cantos
    Balão de iaiá

    Eu bem sei
    Eu bem sei
    Eu bem sei que fui culpado
    De vir preso da Bahia
    Só porque fui namorado
    Já tirar meu passaporte
    Meu camarote de proa
    Eu aqui não vou ficar
    Vou-me embora pra Lisboa
    Senhorita vai ver, doná

    Samba ioiô, samba iaiá
    Que o dia e vem, doná

    Era hoje, era ontem, era donte
    Era donte, era ontem, era hoje
    Era hoje, era ontem, era donte
    Era donte, era ontem, era hoje
    Era hoje, era ontem, era donte
    Era donte, era ontem, era hoje
    Era hoje, era ontem, era donte
    Era donte, era ontem, era hoje.

    Produção e direção: Santiago Ferraz
    Music video by Dudu Nobre performing Yaô / Patrão, Prenda Seu Gado. © 2008 Universal Music International

  • DUDU NOBRE E ROBERTA SÁ - QUEM É ELA?

    2:59

    DUDU NOBRE E ROBERTA SÁ - QUEM É ELA?

  • 🔴 Radio Mania - Dudu Nobre - Estava Perdido Num Mar

    3:02

    Dudu Nobre resolveu falar de amor com a música Estava Perdido Num Mar no estúdio da Rádio Mania ! Imperdível, mais uma versão exclusiva e show de bola da Mania do Brasil. #DuduNobreNaMania

    Vem com a Rádio Mania:

    Face:


    Inscreva-se:


    Twitter:
    @maniadobrasil

    Instagram:
    @maniadobrasil

    Site:


    Letra:
    Estava Perdido Num Mar

    Quero um pedaço do seu coração
    Vou me render à paixão
    Mas sei que posso....sofrer
    Cansei de tanta aventura........quero você
    Me encanta sua ternura........quero você

    Não posso viver sozinho
    Sem rumo, em desalinho
    Seu perfume foi feito pra me enfeitiçar
    Sou capaz de qualquer loucura, pra te beijar
    Venço minhas amarguras, pra te beijar
    Viajo na sua candura

    Pureza, amor......beleza pura
    No seu cais eu quero me ancorar
    Estava perdido num mar
    À deriva, você....me encontrou
    Sou marujo, não vou marear

    Nem sofrer um naufrágio no amor
    Várias estrelas a me guiar
    Eu navegava em qualquer......direção
    Você veio pra me iluminar
    Te entreguei o meu coração

  • Encontro de Bambas nos Arcos da Lapa - Pericles, Arlindo Cruz, Zeca Pagodinho, Dudu Nobre...

    16:55

    Encontro de Bambas nos Arcos da Lapa - Pericles, Arlindo Cruz, Zeca Pagodinho, Dudu Nobre e Leandro Sapucahy

  • Dudu Nobre - Sinhá, Sinhá / Gamação / Peixeiro Granfino / Sinhá, Sinhá

    4:16

    Siga o artista:
    Instagram:
    Facebook:

    Sinhá, Sinhá / Gamação / Peixeiro Granfino / Sinhá, Sinhá - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 2008
    (Candeia, Candeia, Candeia, Candeia, Casquinha, Casquinha, Bretãs)

    Letra:
    Sinhá, sinhá a hora é essa,
    Devagar também é pressa

    Quem corre muito se cansa
    Hoje eu ando devagar
    Mas quando eu era criança
    Tinha pressa de chegar

    Sinhá, sinhá a hora é essa,
    Devagar também é pressa

    Você foi como veio
    e como o vento passou
    e me deixou
    Me deixou sofrimento
    e o vento levou alegria
    Dentro de mim ficou solidão
    e cruel nostalgia
    Eu tenho tanto amor
    mas não tenho à quem dar
    Me roubaste a paz,
    ainda hei de te ver
    Sofrendo muito mais
    Neste amor submerso
    és o tema, o poema,
    rima rica dos versos
    És o princípio e o fim
    pois és todo o melhor
    que existe em mim
    O nosso romance
    teve uma transformação,
    já não é amor, é gamação

    Você foi como veio
    como o vento passou
    e me deixou

    Peixeiro granfino!
    Vai na cozinha chamar mamãe, menino!
    E diga à ela, que tem sardinha
    Tem peixe-galo, e cavalinha!

    Tem Xaréu, xerelete, sardinha e tainha
    Um bom siri pra moqueca,
    pescado por mano Zeca
    Salsa, pimenta de cheiro,
    faz bom tempeiro, azeite de dendê
    Vá depressa correndo, menino,
    chamar mamãe...
    Chegou o Pexeiro Granfino

    Sinhá, sinhá a hora é essa,
    Devagar também é pressa

    Quem corre muito se cansa
    Hoje eu ando devagar
    Mas quando eu era criança
    Tinha pressa de chegar

    Sinhá, sinhá a hora é essa,
    Devagar também é pressa

    Produção e direção: Santiago Ferraz
    Music video by Dudu Nobre performing Sinhá, Sinhá / Gamação / Peixeiro Granfino / Sinhá, Sinhá. © 2008 Universal Music International

  • Favo De Mel | Dudu Nobre + Péricles | Música Boa Ao Vivo | Música Multishow

    3:16

    Siga o Multishow nas redes sociais:
    Site:
    Facebook:
    Instagram: @multishow
    Snapchat: @multishow
    Twitter:

  • Dudu Nobre - Levada Desse Tantã

    4:20

    Music video by Dudu Nobre performing Levada Desse Tantã. (C) 2003 BMG BRASIL LTDA.

  • Dudu Nobre - SPC

    3:24

    Music video by Dudu Nobre performing SPC. (C) 2014 Musickeria Entretenimento Ltda/Zeca Pagodiscos, Universal Music Ltda

  • Dudu Nobre - É Hoje

    3:42

    (Legendado)

  • Dudu Nobre e o Banjo Mascarenhas

    2:53

    entrega do banjo do dudu nobre em show em JP

  • Dudu Nobre - Que Mundo É Esse

    2:55

    Siga o artista:
    Instagram:
    Facebook:

    Que Mundo É Esse - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 2008
    (Almir Guineto, Dudu Nobre, Fred Camacho)

    Letra:
    Lalaiá, laiá, laiá, laiá, laiá
    Lalaiá, laiá, laiá, laiá, laiá

    Que mundo é esse?
    Que mundo é esse
    Onde não se tem respeito
    Cadê o nosso direito
    De fazer tudo melhorar
    Crianças nas ruas sem esperança
    No aguardo da bonança
    Malabares a definhar

    Que mundo é esse
    Que segue fora dos trilhos
    As mães perdendo seus filhos
    O mal não pode ganhar
    Quem vence reina e fala mais alto
    A madame desce do salto
    Ao ver o bicho pegar
    Congresso pare com essa indecência
    Ponha a mão na consciência
    E venha nos ajudar

    Vou vivendo, vou sorrindo
    Para não chorar
    Vou sofrendo, tô pedindo
    Forças pra lutar
    É difícil meu ofício
    Não vou recuar
    Vou seguindo, resistindo
    Não vou me calar

    Produção e direção: Santiago Ferraz
    Music video by Dudu Nobre performing Que Mundo É Esse. © 2008 Universal Music International

  • Dudu Nobre - Quebro, Não Envergo

    3:42

    Music video by Dudu Nobre performing Quebro, Não Envergo. (C) 2003 BMG BRASIL LTDA.

  • A Boa do Samba com Dudu Nobre

    10:40

    Veja mais vídeos no site:

  • 🔴 Radio Mania - Dudu Nobre - Tempo de Don Don

    3:12

    Tempo de Don Don foi outro clássico no estúdio da Rádio Mania na voz de Dudu Nobre ! Não perca mais uma versão irada e exclusiva que só a Mania do Brasil tem. #DuduNobreNaMania

    Vem com a Rádio Mania:

    Face:


    Inscreva-se:


    Twitter:
    @maniadobrasil

    Instagram:
    @maniadobrasil

    Site:


    Letra:
    Tempo de Don Don

    Ai no tempo!
    No tempo que Don-Don jogava no Andaraí
    Nossa vida era mais simples de viver
    De viver
    Não tinha tanto misere, nem tinha tanto ti ti ti
    No tempo que Don-Don jogava no Andaraí
    No tempo que Don-Don jogava no Andaraí
    Propaganda era reclame, ambulância era dona assistência,
    Mancada era um baita vexame, e pornografia era só saliência
    Sutiã chamava porta-seio, revista pequena gibi (i)
    No tempo que Don-Don jogava no Andaraí
    No tempo que Don-Don jogava no Andaraí
    Refrão
    Rock se chamava Fox, tiete era moça fanática,
    O que hoje se diz que é xerox, se chamava então de cópia fotostática
    Motorista era sempre chofer, cachaça era parati (i)
    No tempo que Don-Don jogava no Andaraí
    No tempo que Don-Don jogava no Andaraí
    Refrão
    22 era demente, minha casa era meu bangalô,
    Patamo era socorro urgente e todo cana dura era investigador
    Mulato esticava o cabelo, mulher fazia misampi (i)
    No tempo que Don-Don jogava no Andaraí
    No tempo que Don-Don jogava no Andaraí
    Refrão

  • 🔴 Radio Mania - Dudu Nobre - Faixa Amarela

    3:10

    Sucesso com o mestre Zeca Pagodinho, o clássico Faixa Amarela dessa vez foi com o Dudu Nobre no estúdio da Rádio Mania ! Não deixe de ver e ouvir mais essa versão exclusiva da Mania do Brasil. #DuduNobreNaMania

    Vem com a Rádio Mania:

    Face:


    Inscreva-se:


    Twitter:
    @maniadobrasil

    Instagram:
    @maniadobrasil

    Site:


    Letra:
    Faixa Amarela

    Eu quero presentear
    A minha linda donzela
    Não é prata nem é ouro
    É uma coisa bem singela
    Vou comprar uma faixa amarela
    Bordada com o nome dela
    E vou mandar pendurar
    Na entrada da favela
    Vou dar-lhe um gato angorá
    Um cão e uma cadela
    Uma cortina grená para enfeitar a janela
    Sem falar na tal faixa amarela
    Bordado com o nome dela
    Que eu vou mandar pendurar
    Na entrada da favela
    E para o nosso papá vai ter bife da panela
    Salada de petit-pois, jiló, chuchu e beringela
    Sem falar na tal faixa amarela
    Bordada com o nome dela
    Que eu vou mandar pendurar
    Na entrada da favela
    Vou fazer dela rainha do desfile da Portela
    Eu vou ser filho do Rei, e ela minha Cinderela
    Sem falar na tal faixa amarela
    Bordada com o nome dela
    Que eu vou mandar pendurada
    Na entrada da favela
    E para gente se casar, vou construir a capela
    Dentro de um lindo jardim com flores, lago e pinguela
    Sem falar na tal faixa amarela
    Bordada com o nome dela
    Que eu vou mandar pendurar
    Na entrada da favela
    Mas se ela vacilar, vou dar um castigo nela
    Vou lhe dar uma banda de frente
    Quebrar cinco dentes e quatro costelas
    Vou pegar a tal faixa amarela
    Gravada com o nome dela
    E mandar incendiar
    Na entrada da favela
    Vou comprar uma cana bem forte
    Para esquentar sua goela
    E fazer uma tira-gosto
    Com galinha à cabidela
    Sem falar na tal faixa amarela
    Bordada com o nome dela
    Que eu vou mandar pendurar
    Na entrada da favela

  • Dudu Nobre - Feliz da Vida

    4:07

    Music video by Dudu Nobre performing Feliz Da Vida. (C) 1999 Sony Music Entertainment Brasil Ltda

Shares

x

Check Also

Menu