This website uses cookies to ensure you get the best experience on our website. Learn more

Playlist of Adoniran Barbosa

x
  • Adoniran Barbosa - O trem das onze

    3:07

    Adoniran Barbosa

  • x
  • Adoniran Barbosa e Elis Regina 1978

    10:28

    Encontro de Adoniran Barbosa e Elis Regina. Músicas: Iracema, Um samba no Bexiga e Saudosa Maloca.
    Bar da Carmela
    Bairro: Bexiga
    Cidade: São Paulo
    1978

  • x
  • Adoniran Barbosa - Samba do Arnesto

    2:32

    Upload: RaizDoSamba
    Título: Samba do Arnesto
    Artista: Adoniran Barbosa
    Álbum: O Talento de Adoniran Barbosa
    Ano: 2004

    Saravá

  • Saudosa Maloca Adoniran Barbosa

    2:21

    Facebook
    Apoio Dose Cultural

    Instagram:

    Facebook:



    Letra:

    Si o senhor não tá lembrado
    Dá licença de contá
    Que aqui onde agora está
    Esse edifício arto
    Era uma casa véia
    Um palacete assombradado
    Foi aqui seu moço
    Que eu, Mato Grosso e o Joca
    Construímo nossa maloca
    Mais, um dia
    Nóis nem pode se alembrá
    Veio os homi c'as ferramentas
    O dono mandô derrubá
    Peguemo todas nossas coisas
    E fumos pro meio da rua
    Aprecia a demolição
    Que tristeza que nóis sentia
    Cada táuba que caía
    Duia no coração
    Mato Grosso quis gritá
    Mas em cima eu falei:
    Os homis tá cá razão
    Nós arranja outro lugar
    Só se conformemo quando o Joca falou:
    Deus dá o frio conforme o cobertor
    E hoje nóis pega a páia nas grama do jardim
    E prá esquecê nóis cantemos assim:
    Saudosa maloca, maloca querida,
    Dim dim donde nóis passemos os dias feliz de nossas vidas
    Saudosa maloca,maloca querida,
    Dim dim donde nóis passemo os dias feliz de nossas vidas.

  • x
  • ADONIRAN BARBOSA - IRACEMA

    2:50

    Facebook
    Apoio Dose Cultural

    Instagram:

    Facebook:



    Iracema

    Iracema, eu nunca mais que te vi
    Iracema meu grande amor foi embora
    Chorei, eu chorei de dor porque
    Iracema, meu grande amor foi você

    Iracema, eu sempre dizia
    Cuidado ao travessar essas ruas
    Eu falava, mas você não me escutava não
    Iracema você travessou contra mão

    E hoje ela vive lá no céu
    E ela vive bem juntinho de nosso Senhor
    De lembranças guardo somente suas meias e seus sapatos
    Iracema, eu perdi o seu retrato.

    - Iracema, fartavam vinte dias pra o nosso casamento
    Que nóis ia se casar
    Você atravessou a São João
    Veio um carro, te pega e te pincha no chão
    Você foi para Assistência, Iracema
    O chofer não teve curpa, Iracema
    Paciência, Iracema, paciência

    E hoje ela vive lá no céu
    E ela vive bem juntinho de nosso Senhor
    De lembranças guardo somente suas meias e seus sapatos
    Iracema, eu perdi o seu retrato

  • Adoniran Barbosa - Saudosa Maloca

    2:22

    Upload: RaizDoSamba
    Título: Saudosa Maloca
    Artista: Adoniran Barbosa
    Álbum: O Talento de Adoniran Barbosa
    Ano: 2004

    Saravá

  • x
  • Adoniran Barbosa - Despejo na Favela

    2:43

    Facebook
    Apoio CAMBUCI CULTURAL

    .
    .
    Despejo Na Favela


    Quando o oficiar de justiça chego
    Laaa naaaa favela,
    e contra o seu desejo,
    entregou para seu narciso
    Um aviso, uma ordem de despejo.
    Assinada seu doutor ,
    assim dizia a petição dentro de dez dias quero a favela vazia e os
    barracos todos no chão
    É uma ordem superior,
    Ôôôôôôôô Ô meu senhor, é uma ordem superior { 2x

    Não tem nada não seu doutor, não tem nada não
    Amanhã mesmo, vou deixar meu barracão
    Não tem nada não seu doutor, vo sair daqui
    Para não ouvir, o ronco do trator
    Pra mim não tem problema em qualquer canto me arrumo de qualquer jeito me ajeito
    Depois o que eu tenho é tão pouco
    minha mudança é tão pequena que cabe no bolso de trás

    Mas essa gente ai hein como é que faz???? {2x

  • Elis Regina & Adoniran Barbosa - Tiro ao álvaro

    2:43

    Facebook
    Apoio Dose Cultural

    .
    .
    Tiro ao álvaro
    De tanto leva frechada do teu olhar
    Meu peito até parece sabe o quê?
    Táubua de tiro ao Álvaro
    Não tem mais onde fura

    Teu olhar mata mais do que bala de carabina
    Que veneno estriquinina
    Que peixeira de baiano
    Teu olhar mata mais que atropelamento de automóver
    Mata mais que bala de revórver

    Composição: Adoniran Barbosa e Osvaldo Moles
    Interprete: Adoniran Barbosa e Elis Regina

  • Elis Regina e Adoniran Barbosa - Tiro ao Álvaro

    2:46

    Aprenda a tocar Pandeiro:
    Aula de Samba Rock:
    Curso de cavaquinho:

    Elis Regina e Adoniran Barbosa - Tiro ao Álvaro

    De tanto leva frechada do teu olhar
    Meu peito até parece sabe o quê?
    Táubua de tiro ao Álvaro
    Não tem mais onde fura
    Teu olhar mata mais do que bala de carabina
    Que veneno estriquinina
    Que peixeira de baiano
    Teu olhar mata mais que atropelamento de automóver
    Mata mais que bala de revórver

  • x
  • Apaga o Fogo Mané - Adoniran Barbosa

    3:11

    Inez saiu dizendo que ia comprar um pavio
    pro lampião

    Pode me esperar Mané

    Que eu já volto já

    Acendi o fogão, botei a água pra esquentar

    E fui pro portão

    Só pra ver Inez chegar

    Anoiteceu e ela não voltou

    Fui pra rua feito louco

    Pra saber o que aconteceu

    Procurei na Central

    Procurei no Hospital e no xadrez

    Andei a cidade inteira

    E não encontrei Inez

    Voltei pra casa triste demais

    O que Inez me fez não se faz

    E no chão bem perto do fogão

    Encontrei um papel

    Escrito assim:

    -Pode apagar o fogo Mané que eu não volto mais

  • Adoniran Barbosa - No Morro da Casa Verde

    2:25

    Upload: RaizDoSamba
    Título: No Morro da Casa Verde
    Artista: Adoniran Barbosa
    Álbum: O Talento de Adoniran Barbosa
    Ano: 2004

    Saravá

  • IRACEMA - ADONIRAN BARBOSA

    2:50

    ALBUM: ADONIRAN BARBOSA (1974) ODEON

  • Adoniran Barbosa - Meu amor é o Timão

    3:04

    O maior sambista paulista declarando seu amor ao Todo Poderoso.

  • ADONIRAN BARBOSA - TIRO AO ALVARO

    2:42

    Karaokes para todos os gostos...cante aqui com a gente os grandes sucessos de todos os tempos...compartilhem

  • Adoniran Barbosa - Despejo na Favela

    2:43

  • Samba do Arnesto

    2:32

    Provided to YouTube by Universal Music Group

    Samba do Arnesto · Adoniran Barbosa

    Adoniran Barbosa

    ℗ 1975 EMI Records Brasil Ltda

    Released on: 1975-01-05

    Producer: José Briamonte
    Associated Performer, Vocalist: Adoniran Barbosa
    Composer: Adoniran Barbosa
    Composer: Alocin

    Auto-generated by YouTube.

  • Adoniran Barbosa - Programa Ensaio 1972

    46:43

    Programa Ensaio com Adoniran Barbosa Tv Cultura Especial de 1972
    Direitos Autorais TV Padre Anchieta-Cultura

  • Adoniran Barbosa - Triste Margarida

    2:35

    Canal Dose Cultural:

    Letra:

    Você está vendo aquela mulher que tá indo ali
    Ela não quer saber de mim
    Sabem por que?
    Eu menti pra conquistar seu bem querer
    Eu disse a ela que eu trabalhava de engenheiro
    Que o metrô de São Paulo estava em minhas mãos
    E que se desse tudo certo
    Ela seria a primeira passageira na inauguração
    Tudo ia indo muito bem até que um dia
    Até que um dia
    Ela passou de ônibus pela via 23 de maio
    E da janela do coletivo me viu
    Plantava grama no barranco da avenida
    Hoje fiquei sabendo que ela é orgulhosa, convencida
    Não passa de uma triste Maragaria
    Orgulhosa, convencida
    Não passa de uma triste Maragaria...

  • Filosofia

    3:26

    Provided to YouTube by Believe SAS

    Filosofia · Adoniran Barbosa

    Adoniran Barbosa

    ℗ Gravadora Eldorado

    Released on: 1981-01-18

    Music Publisher: Mangione
    Author: Noel Rosa
    Composer: Noel Rosa

    Auto-generated by YouTube.

  • Adoniran Barbosa - Torresmo à Milanesa

    2:18


    Apoio CAMBUCI CULTURAL



    ~~~~~~ Curiosidades ~~~~~~

    Torresmo à Milanesa foi feito pelo palhaço triste e não por qualquer outro Adoniran que vagasse pelas ruas de São Paulo. Este samba foi composto com Carlinhos Vergueiro, em meia hora, de pé, sem instrumentos, no balcão do antigo bar Mutamba, na R. Major Quedinho, lugar muito frequentado por artistas, jornalistas e boêmios, pois ficava ao lado da Rádio e do estúdio Eldorado.
    Chegando em casa, precavido, Carlinhos Vergueiro registrou o samba numa fita e, algum tempo depois, levou-a à casa do novo parceiro para os ajustes finais. O principal ajuste foi na marmita do Beleza. Perguntado por Dito sobre o conteúdo de sua bóia, este responderia: “Arroz com feijão e um bife à milanesa”.
    Nesse momento, Adoniran pediu ao parceiro:
    - Carlinhos, desculpe, vamo voltá a fitinha, canta torresmo à milanesa....
    - Mas por que Adoniran?
    - Porque não existe.
    Este é o palhaço, que prefere o imaginário ao real. E assim, o verso ficaria “arroz com feijão e torresmo à milanesa”.
    Carlinhos retomou o violão, voltou a fita e tornou a cantar o samba, para conferir se a nova letra funcionava.
    Mas parece que Adoniran queria que Beleza sentisse fome. Ao chegar naquele pedaço, ele interrompeu novamente o parceiro:
    - Desculpa Carlinhos, vamo voltá mais uma vez, canta só “um torresmo”...
    - Mas por que Adoniran?
    - Porque é mais triste
    (Fontes da informação:

    ~~~~~~~~~~
    Letra da Música:

    O enxadão da obra bateu onze hora
    Vam s'embora, joão!
    Vam s'embora, joão!
    O enxadão da obra bateu onze hora
    Vam s'embora, joão!
    Vam s'embora, joão!

    Que é que você troxe na marmita, Dito?
    Troxe ovo frito, troxe ovo frito
    E você beleza, o que é que você troxe?
    Arroz com feijão e um torresmo à milanesa,
    Da minha Tereza!

    Vamos armoçar
    Sentados na calçada
    Conversar sobre isso e aquilo
    Coisas que nóis não entende nada
    Depois, puxá uma páia
    Andar um pouco
    Pra fazer o quilo

    É dureza João!
    É dureza João!
    É dureza João!
    É dureza João!

    O mestre falou
    Que hoje não tem vale não
    Ele se esqueceu
    Que lá em casa não sou só eu

  • x
  • 1997 = MPB Compositores CD-07 - Adoniran Barbosa

    36:27

    1997 = MPB Compositores CD-07 - Adoniran Barbosa

    01. Elis Regina e Adoniran - Tiro Ao Álvaro 00:00
    02. Demônios da Garoa - Trem Das Onze 02:44
    03. Grupo Talismã - As Mariposas 05:33
    04. Gonzaguinha - Despejo Na Favela 07:58
    05. Jards Macalé - Iracema 10:43
    06. Beth Carvalho - Saudosa Maloca 15:00
    07. Maysa - Bom Dia Tristeza 17:36
    08. Demônios da Garoa - Samba Do Arnesto 21:17
    09. Adoniran Barbosa - Tocar Na Banda 24:04
    10. Grupo Fundo de Quintal - Aguenta a Mão, João 26:55
    11. Marlene - Acende o Candieiro 30:22
    12. Adoniran Barbosa - Nóis Viemo Aqui Pra Quê 33:46

    Link do vídeo:

  • Adoniran Barbosa - Conselho de Mulher

    2:31

    Facebook:
    Apoio CAMBUCI CULTURAL



    Letra:

    Falado:

    Quando deus fez o homem,
    Quis fazer um vagulino que nunca tinha fome
    E que tinha no destino,
    Nunca pegar no batente e viver forgadamente.
    O homem era feliz enquanto deus assim quis.
    Mas depois pegou adão, tirou uma costela e fez a mulher.
    Deis di intão, o homem trabalha prela.
    Mai daí, o homem reza todo dia uma oração.
    Se quiser tirar de mim arguma coisa de bão,
    Que me tire o trabaio. a muié não!.

    Pogressio, pogressio.
    Eu sempre iscuitei falar, que o pogressio vem do trabaio.
    Então amanhã cedo, nóis vai trabalhar.

    Quanto tempo nóis perdeu na boemia.
    Sambando noite e dia, cortando uma rama sem parar.
    Agora iscuitando o conselho das mulheres.
    Amanhã vou trabalhar, se deus quiser, mas deus não quer!

    Pogressio, pogressio.
    Eu sempre iscuitei falar, que o pogressio vem do trabaio.
    Então amanhã cedo, nóis vai trabalhar.

    Quanto tempo nóis perdeu na boemia.
    Sambando noite e dia, cortando uma rama sem parar.
    Agora iscuitando o conselho das mulheres.
    Amanhã vou trabalhar, se deus quiser,
    mas deus não quer!
    ------------------------------------


    Informações da música:

    O ritmo acelerado da cidade-progresso atraía e chocava no cantar de Adoniran; em Conselho de mulher, mostra humoristicamente a resistência ao trabalho, tendo como personagens o malandro e a mulher disciplinadora:

    Quando Deus fez o homem/ Quis fazer um vagolinho que nunca tinha fome/ E que tinha no destino/ Nunca pegar no batente/ E viver folgadamente/ O homem era feliz enquanto Deus ansim quis/ Mas depois pegou Adão/ Tirou uma costela e fez a mulher/ Desde então o homem trabalha pr'ela/ Vai daí, o homem reza todo dia uma oração: 'Se quiser tirar uma coisa de bão/ Que me tire o trabalho/ A mulher não'/ Progréssio, Progréssio/ Eu sempre escuitei falá/ Que o progréssio vem do trabaio/ Então amanhã cedo nóis vai trabaiá/ Progréssio/ Quanto tempo nóis perdeu na boemia sambando noite e dia/ Cortando uma rama sem parar/ Agora escuitando os conseio da mulhé/ amanhã vou trabalhar/ se Deus quiser/ (breque) Mas Deus não qué.

    (Conselho de mulher – Adoniran Barbosa, Oswaldo Moles e João B. Santos, 1953)

    A crítica não é ao trabalho em si, mas ao caráter que o trabalho assume como sombrio e pesado, manipulado e explorado na sociedade industrial. A canção apresenta todo um movimento, inicialmente enaltecendo o progresso e o trabalho possibilitados pela sociedade industrial e urbana, personificados pelos conselhos da mulher; em oposição aparece a boêmia sambando noite e dia/cortando uma rama sem pará, mas a inversão, a ironia e/ou o humor emergem com o breque, que possibilita a inversão do sentido contido na poética, ao romper a melodia que permite a entrada da frase mas Deus não qué....

    Fonte: A CIDADE QUE MAIS CRESCE NO MUNDO
    Texto de:
    MARIA IZILDA SANTOS DE MATOS
    Professora do Departamento de História da PUC-SP. Entre suas obras destacam-se: Melodia e sintonia em Lupicínio Rodrigues; Dolores Duran: Experiências boêmias em Copacabana; Meu lar é o botequim.

  • Adoniran Barbosa - As Mariposa

    2:16

    Facebook
    Apoio CAMBUCI CULTURAL

    .
    .
    As Mariposa

    Boa noite lâmpida
    Boa noite mariposa
    permita-me oscular a sua face
    Pois não, mas rápido hein, que daqui a pouco eles mi apagam!
    As mariposa quando chega o frio
    Fica dando vorta em vorta da lâmpida pra si isquentá
    Elas roda, roda, roda e dispois se senta
    Em cima do prato da lâmpida pra descansá
    (2x)

    Eu sou a lâmpida
    E as muié é as mariposa
    Que fica dando vorta em vorta de mim
    Todas noite só pra me beijá

    As mariposa quando chega o frio
    Fica dando vorta em vorta da lâmpida pra si isquentá
    Elas roda, roda, roda e dispois se senta
    Em cima do prato da lâmpida pra descansá
    (2x)

    Tá muitu bom...
    Mas num vai si acostumá, viu
    Dona mariposinha?

  • Adoniran Barbosa - Documento Raríssimo - 1977 !!!!!!!!!!!!!

    3:30

  • Se Assoprar Posso Acender de Novo - Inéditas de Adoniran Barbosa nas Vozes de Grandes Artistas

    37:32

    00:00 - O ROSTINHO DE MARIA (Adoniran Barbosa e Pepe Avila)
    FERNANDA TAKAI E LEO CAVALCANTI
    02:17 - NINGUÉM PODE NEGAR (Adoniran Barbosa e Portinho)
    EDUARDO PITTA
    05:39 - SÓ VIVO DE NOITE (Adoniran Barbosa e Paulinho Nogueira)
    ANA JULIA E KIKO ZAMBIANCHI
    08:22 - O SOL E A LUA (Adoniran Barbosa e Zaé Júnior)
    DIOGO POÇAS
    10:31 - O BARZINHO (Adoniran Barbosa e Renato Luiz)
    LINIKER
    12:33 - NAQUELE TEMPO (Adoniran Barbosa e Serafim Almeida)
    VERSOS QUE COMPOMOS NA ESTRADA
    16:07 - PASSOU (Adoniran Barbosa e Pepe Avila)
    NEY MATOGROSSO
    19:48 - ATÉ AMANHÃ (Adoniran Barbosa e Wilma Camargo)
    CRIOLO
    22:14 - PROCISSÃO DE AMOR (Adoniran Barbosa e Maximino Parize)
    GURI E GERO CAMILO
    25:21 - FOI NA MOSCA (Adoniran Barbosa e Chico)
    SIMONINHA E FUZZY SOUND SYSTEM
    28:02 - RECEITA DE PIZZA (Adoniran Barbosa e Jorge Costa)
    MAURÍCIO PEREIRA
    30:17 - ENCALACRADO (Adoniran Barbosa)
    MARCO MATTOLI E FABIANA COZZA
    32:54 - O MUNDO VAI MAL (Adoniran Barbosa e Antônio Rago)
    ESTEVÃO QUEIROGA E YASSIR CHEDIAK
    35:28 - MESSIAS (Adoniran Barbosa e Copinha)
    LULINHA ALENCAR, GABRIEL SELVAGE E NICOLAS KRASSIK

    Ouça no Spotify: e baixe na Apple Music:
    ©2016 DaFne Music | Gravadora Eldorado

    Álbum produzido por Lucas Mayer nos estúdios DaHouse (SP), Plugin (SP), S de Samba (SP) e Sonido (RJ). Mixado por Niper Boaventura e masterizado por Rodrigo Deltoro no DaHouse Studio em São Paulo. Produção executiva de Cassiano Derenji.
    Este álbum é comercializado exclusivamente pela Gravadora Eldorado em conjunto com o DVD.
    DVD produzido por Latina Estudio. Direção: Lucas Mayer. Produção: Cassio Pardini e Claudio Cao Quintas. Produção Executiva: Iris Fuzaro. Câmeras: David Rosseto, Lucas Mayer, Pedro Serrano e Iris Fuzaro. Edição e finalização: David Rosseto e Gabriel Peixoto.

    MÚSICOS QUE FIZERAM POSSÍVEL ESTA OBRA
    André Bachur: bandolim em NINGUÉM PODE NEGAR e SÓ VIVO DE NOITE. | Bruno Serroni: violoncelo em PASSOU. | Cassiano Derenji: palmas em ATÉ AMANHÃ. | Cléusio de Oliveira: cavaquinho em O ROSTINHO DE MARIA. | Deka Silva: pandeiro, cavaquinho e violão em FOI NA MOSCA e cavaquinho em ATÉ AMANHÃ. | Diego Calderoni: trombone em O ROSTINHO DE MARIA, NINGUÉM PODE NEGAR, O BARZINHO, SÓ VIVO DE NOITE, PROCISSÃO DE AMOR, O SOL E A LUA e FOI NA MOSCA. | Dilson Laguna: guitarra em O BARZINHO e FOI NA MOSCA. | Iris Fuzaro: coro em RECEITA DE PIZZA e ENCALACRADO. | Fred Penteado, Sergio Barba e Alysson Bruno: percussão em ENCALACRADO. | Gabriel Selvage: violões e arranjos de violões em O ROSTINHO DE MARIA, PASSOU, NINGUÉM PODE NEGAR, SÓ VIVO DE NOITE, RECEITA DE PIZZA, MESSIAS, O SOL E A LUA e ENCALACRADO.
    Kabe Pinheiro: percussão em O ROSTINHO DE MARIA, PASSOU, NINGUÉM PODE NEGAR, O BARZINHO, SÓ VIVO DE NOITE, PROCISSÃO DE AMOR, RECEITA DE PIZZA e ATÉ AMANHÃ. | Lívia Humaire: coro em ENCALACRADO. | Letycia Oliveira coro em ENCALACRADO, NINGUÉM PODE NEGAR e O BARZINHO. | Lucca Zambonini: trompas em NAQUELE TEMPO. | Luiza Caspary e Alana Moraes: coro em NINGUÉM PODE NEGAR e O BARZINHO. | Lulinha Alencar: acordeon em PASSOU, O MUNDO VAI MAL, RECEITA DE PIZZA, MESSIAS e NAQUELE TEMPO. | Markus Thomas: arranjos vocais em todas as canções e violões em PROCISSÃO DE AMOR e NAQUELE TEMPO. | Maurício Pazz: cavaquinho e violão tenor em ENCALACRADO. | Meno Del Picchia: contrabaixo em PASSOU e NINGUÉM PODE NEGAR. | Michel Lima: arranjo de harmonia e Rhodes em FOI NA MOSCA. | Nahor Gomes: trompete e flugel em O ROSTINHO DE MARIA, O BARZINHO, SÓ VIVO DE NOITE, FOI NA MOSCA e ATÉ AMANHÃ. | Nicolas Krassik: violino em PASSOU, RECEITA DE PIZZA, MESSIAS e NINGUÉM PODE NEGAR e assovio em NINGUÉM PODE NEGAR. | Niper Boaventura: coro em RECEITA DE PIZZA e palmas em ATÉ AMANHÃ. | Paulinho Silva: percussão em NINGUÉM PODE NEGAR. | Pedro Grabriel: poesia citada por Gero Camilo em PROCISSÃO DE AMOR. | Pedro Serrano, Cassio Pardini, Cao Quintas, Leo Mello e Daniel Zago: coro em RECEITA DE PIZZA. | Peter Mesquita: contrabaixo em O MUNDO VAI MAL, FOI NA MOSCA e ATÉ AMANHÃ. | Raphael Miranda: bateria em O BARZINHO. | Ricardo Perito: cavaquinho em O ROSTINHO DE MARIA, NINGUÉM PODE NEGAR, SÓ VIVO DE NOITE e RECEITA DE PIZZA. | Tato Cunha: flautas em O MUNDO VAI MAL, NINGUÉM PODE NEGAR, SÓ VIVO DE NOITE, RECEITA DE PIZZA, FOI NA MOSCA, NAQUELE TEMPO e ATÉ AMANHÃ, sax em O BARZINHO e arranjo de metais em O BARZINHO, O ROSTINHO DE MARIA e SÓ VIVO DE NOITE. | Tiganá Macedo: percussão em O ROSTINHO DE MARIA. | Ubaldo Versolato: clarinete em O ROSTINHO DE MARIA, SÓ VIVO DE NOITE, FOI NA MOSCA e ENCALACRADO e sax em O BARZINHO, FOI NA MOSCA e ATÉ AMANHÃ. | Vanessa Moreno: coro em NINGUÉM PODE NEGAR, RECEITA DE PIZZA e ATÉ AMANHÃ. | Wonder Bettin: mandolin em O MUNDO VAI MAL e coro em RECEITA DE PIZZA. | Yassir Chediak: violas em O MUNDO VAI MAL.

  • Adoniran Barbosa - Saudosa Maloca

    2:11

    Aprenda a tocar Pandeiro:
    Aula de Samba Rock:
    Curso de cavaquinho:

    Vídeo raríssimo de Adoniran Barbosa tocando e cantando Saudosa Maloca.

  • Adoniran Barbosa - Tiro ao Álvaro

    2:44

    Upload: RaizDoSamba
    Título: Tiro ao Álvaro
    Artista: Adoniran Barbosa
    Álbum: O Talento de Adoniran Barbosa
    Ano: 2004

    Saravá

  • Adoniran Barbosa - Prova de Carinho

    2:03

    Apoio Dose Cultural

    Instagram:

    Facebook:


    Letra:
    Com a corda mi
    Do meu cavaquinho
    Fiz uma aliança pra ela,
    Prova de carinho.

    Quantas serenatas
    Eu tive que perder,
    Pois o cavaquinho
    Já não pode mais gemer.
    Quanto sacrifício
    Eu tive que fazer,
    Para dar a prova pra ela
    Do meu bem querer.

  • Clementina de Jesus fala sobre Adoniran Barbosa

    1:33

    Clementina de Jesus fala sobre Adoniran Barbosa e canta um trecho da música Torresmo a Milanesa (Adoniran Barbosa - Carlinhos Vergueiro) em 1982.
    De Arquivo N da Globo News.

  • Música e Trabalho: Abrigo de Vagabundo

    2:49

    Abrigo de Vagabundos

    Adoniran Barbosa/1958



    Eu arranjei o meu dinheiro
    Trabalhando o ano inteiro
    Numa cerâmica
    Fabricando potes
    e lá no alto da Moóca
    Eu comprei um lindo lote dez de frente e dez de fundos
    Construí minha maloca
    Me disseram que sem planta
    Não se pode construir
    Mas quem trabalha tudo pode conseguir

    João Saracura que é fiscal da Prefeitura
    Foi um grande amigo, arranjou tudo pra mim
    Por onde andará Joca e Matogrosso
    Aqueles dois amigos
    Que não quis me acompanhar
    Andarão jogados na avenida São João
    Ou vendo o sol quadrado na detenção

    Minha maloca, a mais linda que eu já vi
    Hoje está legalizada ninguém pode demolir
    Minha maloca a mais deste mundo
    Ofereço aos vagabundos
    Que não têm onde dormir

  • UM SAMBA NO BEXIGA - Adoniran Barbosa

    4:28

    Música: Um samba no bexiga
    Artista: Adoniran Barbosa
    Álbum: Adoniran Barbosa ao vivo

    KUARUP:

  • Bares da Vida

    3:53

    Provided to YouTube by Believe SAS

    Bares da Vida (Zeca Baleiro Canta Adoniran Barbosa) · Zeca Baleiro · Maestro Portinho · Adoniran Barbosa · Lucas Mayer · Silvinho Erné · Lucas Mayer

    Bares da Vida

    ℗ Dorsal Musik

    Released on: 2020-08-06

    Auto-generated by YouTube.

  • Adoniran Barbosa - Trem das Onze for Piano

    2:04

    This is a famous brazilian composition, called Trem das Onze, which means Eleven's Train.

    It's not classified as classical music, but I would like you to try this beautiful piece, in a solo piano arrangement.

    It was a challenge for me, specially considering how long I've been studying (9 months).

    Have a nice time. Hope you like it.

    PS: you can get its sheet music for free at:
    (I'm not the arranger)

  • Os avós do samba 1978 Pt 2 - Nelson Cavaquinho , Cartola , Adoniran Barbosa

    14:57

    Os avós do samba - documentário raro , 1978 Partet 2 - Nelson Cavaquinho , Cartola , Adoniran Barbosa

  • Vila Esperança Adoniran Barbosa

    3:22

    Apoio Dose Cultural

    Acesse também a página do Adoniran Barbosa!



    Letra - Vila Esperança

    Vila Esperança, foi lá que eu passei
    O meu primeiro carnaval
    Vila Esperança, foi lá que eu conheci
    Maria Rosa, meu primeiro amor

    Como fui feliz, naquele fevereiro
    Pois tudo para mim era primeiro
    Primeira rosa, primeira esperança
    Primeiro carnaval, primeiro amor criança

    Numa volta no salão ela me olhou
    Eu envolvi seu corpo em serpentina
    E tive a alegria que tem todo Pierrô
    Ao ver que descobriu sua Colombina

    O carnaval passou, levou a minha rosa
    Levou minha esperança, levou o amor criança
    Levou minha Maria, levou minha alegria
    Levou a fantasia, só deixou uma lembrança

  • Adoniran Barbosa - Rua dos Gusmoes

    2:47

    Adoniran Barbosa canta Rua dos Gusmões.





    Não há registro de data desta gravação / No date specified.
    Gravação Rara / Rare Record (1960-1970)

    A Rua dos Gusmões no centro da cidade de São Paulo era conhecida na época por abrigar muitos prostibulos e casas de contrabando.

    The Street of Gusmões in the Downtown of Sao Paulo was known at the time, for harboring many brothels and smuggling home.

  • SAUDOSA MALOCA - ADONIRAN BARBOSA & DEMÔNIOS DA GAROA -SP

    2:58

    Bom de briga é aquele que cai fora dizia o nosso amado e inesquecível
    Adoniran Barbosa, minha homenagem àquele que foi e sempre será representante do samba paulista e do nosso querido bairro do Bixiga.

  • ADONIRAN BARBOSA - SAUDOSA MALOCA

    2:47

    Karaokes para todos os gostos...cante aqui com a gente os grandes sucessos de todos os tempos...compartilhe

  • Adoniran Barbosa o trem das onze

    4:11

  • ADONIRAN BARBOSA - Um Samba No Bexiga

    4:30

    PLAYLIST, ADONIRAN BARBOSA

    Domingo nós fumo num samba no Bexiga
    Na Rua Major, na casa do Nicola
    À mezza notte o'clock
    Saiu uma baita duma briga
    Era só pizza que avuava junto com as brachola

    Nóis era estranho no lugar
    E não quisemo se meter
    Não fumos lá pra briga, nós fumo lá pra come
    Na hora h se enfiemo de baixo da mesa
    Fiquemo ali, que beleza vendo o Nicola briga
    Dali a pouco escutemo a patrulha chegá
    E o Sargento Oliveira falá

    Num tem importância
    Foi chamada as ambulância
    Carma pessoal
    A situação aqui está muito cínica
    Os mais pior vai pras Clínica

  • Adoniran Barbosa - Quarteto Talismã - Já fui uma brasa

    2:33

    Show do Adoniran Barbosa de 1980!!! Participação do Quarteto Talismã.

  • TREM DAS ONZE - ADONIRAN BARBOSA

    2:44

    Não se esqueçam de Clicar em Gostei e também de Ativar o Sininho das Notificações do Canal.

    Quem quiser baixar a Partitura dessa Música é só clicar no link:


    Música: Trem das Onze - Adoniran Barbosa
    Composição: Adoniran Barbosa
    Tecladista: Claudio R. Miyamoto

    Nessa Música eu usei o Rítmo Samba com a Velocidade de 96 bpm.

  • Os Originais do Samba - As Mariposa

    3:15

    PLAYLIST, ORIGINAIS DO SAMBA

    As mariposa quando chega o frio
    Fica dando volta em volta da lâmpida pra se esquentar
    Elas roda, roda, roda e dispois se senta
    Em cima do prato da lâmpida pra descansar

    Eu sou a lâmpida
    E as muié é as mariposa
    Que fica dando volta em volta de mim
    Toda noite só pra me beijar

    - boa noite lâmpida
    - boa noite mariporsa
    - permita beijar sua face
    - pois não, mas rápido, senão, me apagam

    As mariposa quando chega o frio
    Fica dando volta em volta da lâmpida pra se esquentar
    Elas roda, roda, roda e dispois se senta
    Em cima do prato da lâmpida pra descansar

    Eu sou a lâmpida
    E as muié é as mariposa
    Que fica dando volta em volta de mim
    Toda noite só pra me beijar

  • Ana Cañas - Prova de Carinho 20100828

    6:41

    Ana Cañas canta Prova de Carinho de Adoniran Barbosa no Altas Horas (Parque da Independência, São Paulo, 28 ago 2010)

  • Adoniran Barbosa - Rita Lee - Demônios da Garoa - Samba do Arnesto

    2:05

    O samba do Adoniran Barbosa, Samba do Arnesto, cantado por ele próprio, por Rita Lee e pelos Demônios da Garoa. Do programa Arquivo N da Globo News.

  • Música e Trabalho: Torresmo à Milanesa *

    2:13

    Além de cantar São Paulo, assim como na maioria de suas composições, Adoniran traz, em Torresmo à Milanesa, uma das características mais marcantes de sua obra: rir da própria desgraça, aproveitar a miséria para fazer humor.


    Torresmo à Milanesa
    (Adoniran Barbosa e Carlinhos Vergueiro/1980)
    Intérprete: Adoniran Barbosa

    O enxadão da obra bateu onze hora
    Vam s'embora, joão!
    Vam s'embora, joão!
    O enxadão da obra bateu onze hora
    Vam s'embora, joão!
    Vam s'embora, joão!

    Que é que você troxe na marmita, Dito?
    Troxe ovo frito, troxe ovo frito
    E você beleza, o que é que você troxe?
    Arroz com feijão e um torresmo à milanesa,
    Da minha Tereza!

    Vamos armoçar
    Sentados na calçada
    Conversar sobre isso e aquilo
    Coisas que nóis não entende nada
    Depois, puxá uma páia
    Andar um pouco
    Pra fazer o quilo

    É dureza João!
    É dureza João!
    É dureza João!
    É dureza João!

    O mestre falou
    Que hoje não tem vale não
    Ele se esqueceu
    Que lá em casa não sou só eu

  • Samba Italiano - Adoniran Barbosa

    2:01

    Instagram: luizajorgi
    Facebook: Luiza Jorgi

  • Adoniran Barbosa - Samba Italiano

    2:04

    #sambadodia
    Samba Italiano - Adoniran Barbosa

    Falado:
    gioconda, pitina mia,
    Vai brincar alí no mareí no fundo,
    Mas atencione co os tubarone, ouvisto
    Capito meu san benedito.
    Piove, piove,
    Fa tempo que piove qua, Gigi,
    E io, sempre io,
    Sotto la tua finestra
    E vuoi senza me sentire
    Ridere, ridere, ridere
    Di questo infelice qui
    Ti ricordi, Gioconda,
    Di quella sera in Guarujá
    Quando il mare ti portava via
    E me chiamaste
    Aiuto, marcello!
    La tua gioconda ha paura di quest'onda

  • Adoniran Barbosa - Apaga o Fogo Mané

    3:11

    APAGA O FOGO MANÉ - ADONIRAN BARBOSA
    Inês saiu dizendo que ia comprar um pavio
    pro lampião
    Pode me esperar Mané
    Que eu já volto já
    Acendi o fogão, botei a água pra esquentar
    E fui pro portão
    Só pra ver Inês chegar
    Anoiteceu e ela não voltou
    Fui pra rua feito louco
    Pra saber o que aconteceu
    Procurei na Central
    Procurei no Hospital e no xadrez
    Andei a cidade inteira
    E não encontrei Inês.
    Voltei pra casa triste demais!
    O que Inês me fez, não se faz
    E no chão bem perto do fogão
    Encontrei um papel
    Escrito assim:
    -Pode apagar o fogo Mané que eu não volto mais.

  • Elis Regina & Adoniran Barbosa Iracema

    2:44

Shares

x

Check Also

Menu